Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Com doação de até 4% do Imposto de Renda, público pode patrocinar Casa dos Sentidos

A Casa dos Sentidos foi criada para traduzir vivências de jovens com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Por Analice Nicolau 21/05/2022 9h00
A Casa dos Sentidos foi criada para traduzir vivências de jovens com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

A sensível e especial exposição da Casa dos Sentidos esteve recentemente em Curitiba-PR, onde recebeu mais de 15 mil pessoas. Agora, o projeto busca investidores para patrocinar a passagem da Casa dos sentidos por vários cantos do Brasil. Uma das formas em que as pessoas podem ajudar é doando até 4% do Imposto de Renda.


A Casa dos Sentidos foi criada com o objetivo de traduzir em forma de expressões artísticas os sentimentos e vivências das crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). É um projeto importante para que a sociedade se aproxime mais do universo autista e entenda melhor sem preconceitos.


O principal formato de captação de recursos do projeto é através das leis de incentivo à cultura, como a Lei Rouanet, com enquadramento no Artigo 18, que disponibiliza aos patrocinadores cotas de investimento com benefício fiscal. “O patrocinador pode doar até 4% do seu IR e com isso contribuir para o fomento da produção cultural e geração de emprego e renda do setor”, explica Carolina Montenegro, gestora da Montenegro Produções Culturais, idealizadora da Casa dos Sentidos.
A experiência da Casa dos Sentidos é assinada por artistas, designers e arquitetos renomados, é distribuída em ambientes sensoriais criados com ferramentas que estimulam os cinco sentidos do visitante. Após a temporada na capital paranaense, o projeto pretende passar por São Paulo (SP), Brasília (DF) e Califórnia (EUA).


Para mais informações sobre como apoiar financeiramente o projeto cultural “Casa dos Sentidos”, acesse o site oficial da Montenegro Produções Culturais.








Você pode gostar