fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Viva

Polêmico documentário sobre as prisões brasileiras abre Mostra Competitiva do Festival de Brasília

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Sem papas na língua, o cineasta Eugênio Puppo toca na ferida e expõe como é a (sobre)vida dentro das prisões brasileiras, expondo o sistema judiciário no País. A produção de São Paulo foi a escolhida para abrir a Mostra Competitiva do 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que começa hoje, no Cine Brasília (106/107 Sul) e em outras cidades da capital. 

Sem Pena  é o único longa documentário em competição. “A maior motivação para fazer (o filme) foi justamente levar o espectador a saber mais sobre o assunto e a refletir sobre como a sociedade, de modo geral, é preconceituosa, desinformada e equivocada em relação ao tema”, comenta Eugênio.

Ele teve contato com o assunto em meados de 2009, quando foi procurado pela advogada Marina Dias, na época diretora do IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa). Ela lhe apresentou um trabalho realizado pela instituição. E isso foi o bastante para que ele se interessasse e decidisse pesquisar e filmar mais. Puppo passou por presídios de São Paulo e Rio Grande do Sul.

Injustiça?

Hoje, o Brasil tem o quarto maior número de sentenciados no mundo. “O mutirão carcerário me chamou muito a atenção, visto que muito dos detentos foram presos por terem cometido pequenos furtos ou detidos em circunstâncias duvidosas, alguns sem provas consistentes que justificassem sua prisão”, explica. 

O diretor, contudo, afirma que o filme “não se pautou pela separação entre culpado e inocente” e que uma das intenções é justamente propor uma reflexão que todos têm direito a um processo justo. E ainda mostra a realidade do cárcere “sem sensacionalismo televisivo, com bastante profundidade”.

Com uma boa expectativa em relação à discussão que o filme poderá gerar no público, o cineasta revela que ficou feliz com a seleção. “Brasília era o festival que mais desejava estrear, por sua importância e viés político”, diz.

Serviço

Festivalzinho

A partir das 10h, em diversos pontos da cidade

Mostra Competitiva

Às 20h30: Exibição dos curtas-metragens  Loja de Répteis, de Pedro Severien; Bashar, de Diogo Faggiano.

Às 21h: Exibição do longa  Sem Pena, de Eugenio Puppo

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro –  Até 23 de setembro. No Cine Brasília (106/107 Sul). Ingressos a R$ 6 (meia-entrada). Informações: 3244-1660. A classificação indicativa varia de acordo com o filme. Confira a programação completa no site festbrasilia.com.br/


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade