Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Torcida organizada do Flamengo faz campanha de doação de sangue

A campanha está sendo feita em nível nacional, com a ideia iniciada pela torcida organizada matriz,  no Rio de Janeiro

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Neste sábado (14), membros da torcida organizada do Flamengo, (Raça Rubro Negra de Brasília) deram um exemplo de solidariedade. A Raça mobilizou parte de seus integrantes e se reuniram no Hemocentro para uma ação social, doar sangue.

A campanha está sendo feita em nível nacional, com a ideia iniciada pela torcida organizada matriz,  no Rio de Janeiro.  

Nosso trabalho vai além das arquibancadas. Temos um dever de praticar o bem, mostrando nosso outro lado, além de torcedores apaixonados pelo Flamengo e pela Raça Rubro Negra. A campanha é movida pelo simples interesse em ajudar o próximo”, observa o monitor da Raça em Brasília,  Luis Felipe.

Pelo menos 15 pessoas participaram da ação no DF. O  promotor Pedro Assis, 23 anos, foi um dos doadores.

“É importante a conscientização de todos nesses movimentos, onde temos a capacidade de ajudar o próximo, mostrar que juntos somos mais fortes”. 

Também participando da ação, o professor  Cássio Dias, 26 anos, disse que doar sangue ao Hemocentro de Brasília é ajudar a salvar muitas vidas.  “É bom para mostrar, também, que a Raça,  torcida organizada, vai muito além da arquibancada“, destaca.

Projetos – A doação de sangue é apenas uma das ações sociais desenvolvidas pela Raça Rubro Negra, em Brasília. Com sede em Ceilândia, mantém uma escolinha de futebol com cerca de 120 crianças e adolescentes e distribui alimentos e agasalhos a pessoas necessitadas.

Uma das ações recentes foi a arrecadação de donativos como entrada da festa preparada para assistir à final da libertadores, em 23 de novembro, quando mais de 500kg de alimentos foram doados.

Mundial

Após quase 15 horas de viagem, o Flamengo chegou a Doha, no Catar, onde vai disputar o Mundial de Clubes. O avião em que estavam jogadores, comissão técnica e dirigentes do clube rubro-negro pousou por volta das 8 horas (de Brasília) deste sábado.

Um pequeno grupo de torcedores fez festa na chegada da delegação ao hotel em Doha. Eles não tiveram contato com os jogadores, mas gritaram frases de apoio aos atletas, que acenaram para agradecer o carinho.

Os mais festejados foram o técnico Jorge Jesus e o atacante Gabriel, que mais uma vez recebeu pedidos para ficar no Flamengo na próxima temporada. O artilheiro do time rubro-negro ainda não decidiu seu futuro. Ele pertence à Inter de Milão, da Itália.

O treinamento deste sábado foi suspenso em razão do cansaço da viagem. O clube informou que a primeira atividade em Doha será na manhã do domingo, no Abdullah Bin Khalifa Stadium, casa do Al-Duhail, líder da Liga do Catar.

O voo foi maravilhoso, tranquilo. Cerca de 14 horas de voo sempre pesam um pouquinho. Mas foi tudo muito bem organizado, desde a saída do aeroporto“, disse o vice de futebol, Marcos Braz, ao chegar ao hotel.

Braz disse que alguns jogadores e parte da comissão técnica irão ao Jassim Bin Hamad Stadium assistir ao duelo entre Al Hilal, da Arábia Saudita, e Espérance, da Tunísia, neste sábado. O vencedor deste confronto enfrentará o Flamengo nas semifinais, na terça-feira, às 14h30 (de Brasília).


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade