fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Renato Gaúcho vê “amadurecimento” e diz que Jean Pyerre pode chegar à seleção

O próprio Renato foi responsável por “segurar” Jean Pyerre em outros momentos quando a conduta dele não agradava

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

MARINHO SALDANHA
PORTO ALEGRE, RS

Renato Gaúcho gosta do que tem visto de Jean Pyerre. E não apenas dos passes precisos para companheiros, que se não deixam o colega na cara do gol ao menos desestabilizam a defesa rival. Ou mesmo dos gols, que estão saindo repetidamente, dribles ou lançamentos. Mas, principalmente, do comportamento. Após a vitória do Grêmio sobre o Goiás por 2 a 1, nesta segunda-feira (30), Portaluppi elogiou o “crescimento profissional” do meia de 22 anos e disse que ele pode chegar à seleção brasileira.

O camisa 10 gremista conviveu com cenários opostos recentemente. Entre o ano passado e o início deste, foi titular, reserva, sofreu com drama pessoal, teve lesões, e não conseguiu a estabilidade que sempre se esperou dele.

Mas, desde que retornou e vez ao time está enchendo os olhos da comissão técnica. São três gols nos últimos cinco jogos em que esteve em campo, e mais uma série de passes decisivos e assistências.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Contra o Goiás, por exemplo, os dois gols tiveram a assinatura de Jean Pyerre. No primeiro, ele contou com uma falha do goleiro Tadeu na saída de bola, mas estava pressionando no lugar certo. Interceptou o passe e colocou nas redes.

No segundo, enfiou em profundidade para Luiz Fernando, que cruzou para o gol de Maicon. E ao menos outros três lances de gol saíram dos pés dele, mas foram desperdiçados por companheiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O Jean é um jogador diferenciado, sempre falei isso para vocês [imprensa]. Qualquer atacante gostaria de jogar com ele. Infelizmente, não peguei um Jean na minha época de jogador, mas estou pegando como treinador”, brincou Renato.

“É importante falar do crescimento profissional dele. É algo que cobrávamos muito. Ele amadureceu bastante nesta volta ao time. Falo com ele quase diariamente. O Jean pode ser vendido para Europa, pode chegar à seleção brasileira, só depende dele. Ele começou a escutar e amadureceu bastante nos últimos meses. Quem tem a ganhar com isso é o Grêmio, e o próprio Jean. É importante que ele siga neste ritmo, pois ele é muito importante para a gente”, completou Portaluppi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O próprio Renato foi responsável por “segurar” Jean em outros momentos e até por puxões de orelha ao jogador quando a conduta dele não agradava. Hoje, celebra o crescimento e até cogita futuras convocações.

“Sempre vou colocar na cabeça dos jogadores que a melhor coisa do mundo é conquistar títulos. Em nenhum momento este grupo se acomodou. Estamos bem em todas as competições e nossa meta é ganhar ao menos um título”, salientou o treinador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

O Grêmio encara o Guaraní-PAR na próxima quinta-feira (3), em jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. No compromisso de ida, o time gaúcho fez 2 a 0, jogando em Assunção.

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade