fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Milhares de torcedores se reúnem no centro do Rio à espera do Flamengo

A convocação para a festa rubro-negra atraiu flamenguistas de todas as idades, que entoavam gritos de guerra e canções exaltando o time rubro-negro.

Avatar

Publicado

em

Foto: Carl de Souza / AFP
PUBLICIDADE

Milhares de torcedores amanheceram neste domingo no centro da cidade do Rio, à espera do desfile em carro aberto da delegação do Flamengo pela comemoração do título da Copa Libertadores, após a vitória por 2 a 1 sobre o River Plate em Lima, no Peru.

A convocação para a festa rubro-negra atraiu flamenguistas de todas as idades, que entoavam gritos de guerra e canções exaltando o time rubro-negro. Os integrantes da equipe campeã desfilam em carro aberto pela Avenida Presidente Vargas, desde a Igreja da Candelária até o Monumento a Zumbi dos Palmares, na altura do Sambódromo.

Nem a dificuldade de caminhar deteve o entusiasmo do aposentado Ciro Corrêa, de 71 anos. Ele pretendia acompanhar o desfile do time de coração com a ajuda de uma muleta.

Vi o jogo ontem à noite, não podia perder a festa. Vou andar o que eu puder, o que eu conseguir. Dá para festejar”, afirmou Corrêa. Após os festejos que entraram pela noite de sábado, o casal de estudantes Letícia Souza, de 18 anos, e Allan dos Santos, de 23 anos, fez questão de levantar cedo para continuar as comemorações pelo título.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Hoje vamos ficar até o fim (da festa), com certeza”, planejou Allan dos Santos.

“Pena que choveu ontem, mas fomos comemorar na chuva mesmo. Fiquei toda molhada. Hoje nem passei maquiagem para não borrar na chuva”, lembrou Letícia.

A ambulante Andressa Viana, de 30 anos, vestiu o uniforme rubro-negro para a comemoração, embora nem seja muito fã de futebol. “Hoje todo mundo tem que ser flamenguista”, justificou, prevendo conseguir um bom faturamento vendendo bebidas ao longo do dia. “Comecei agora, mas já está vendendo bem. O pessoal está bastante animado”, completou a vendedora.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal do Rio montaram um esquema de segurança especial para acompanhar o evento. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio bloqueou o tráfego nos dois sentidos da Avenida Presidente Vargas, no trecho entre a Candelária e o Monumento ao Zumbi dos Palmares, que receberá as comemorações pelo título rubro-negro.

Segundo a Secretaria de Estado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, os jogadores, a comissão técnica e diretoria do Flamengo seguem em ônibus fechado do aeroporto à Candelária, sob escolta de policiais do Batalhão de Polícia de Choque e de Rondas Especiais e Controle de Multidões. Chegando à Candelária, a delegação flamenguista embarca num caminhão aberto, em “estilo trio elétrico usado por megablocos carnavalescos”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Agência Estado


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade