Siga o Jornal de Brasília

Torcida

José Maria Marin está banido do futebol para sempre

A câmara julgadora do Comitê de Ética da Fifa tomou a decisão nesta segunda-feira (15), considerando José Maria Marin culpado por corrupção

José Maria Marin



José Maria Marin foi banido para sempre do futebol na manhã desta segunda-feira (15). A câmara julgadora do Comitê de Ética da Fifa considerou o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol José Maria Marin culpado por corrupção e baniu o brasileiro de todas as atividades relacionadas ao esporte, seja a nível nacional ou internacional.

Em comunicado, a Fifa detalhou a decisão. “A investigação sobre o Marin relacionou o ex-presidente a vários esquemas de propinas, em particular durante o período de 2012 e 2015, em relação ao seu papel na concessão de contratos para empresas pelos direitos de mídia e marketing nas competições da Conmebol, Concacaf e CBF”, informou a entidade. Ainda de acordo com o comunicado, Marin violou o artigo 27 do Código de Ética da Fifa, que fala de suborno.

Marin esteve detido desde 2015 e, no ano passado, havia sido condenado pela Justiça dos Estados Unidos, quando uma operação durante um congresso da Fifa prendeu diversos dirigentes do alto escalão do futebol. Ele permaneceu em prisão domiciliar até dezembro de 2017.

Multa

Além do banimento, Marin ainda foi multado em 1 milhão de francos suíços (R$ 3,8 milhões, de acordo com a cotação atual). Ele ainda pode recorrer à Câmara de Apelações da própria Fifa e, depois, ao Tribunal Arbitral do Esporte.

Você pode gostar
Publicidade