fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Filha de Maradona critica advogado do pai: ‘Espero que a justiça seja feita’

A relação das filhas do ex-jogador com Matías Morla já não era muito boa e azedou de vez nesta segunda-feira

Avatar

Publicado

em

Foto: Rashide Frias/ AFP
PUBLICIDADE

A morte do argentino Diego Maradona, ocorrida no último dia 25, ainda gera muita repercussão na Argentina. A relação das filhas do ex-jogador com Matías Morla, advogado do craque e amigo próximo em seus últimos anos de vida, já não era muito boa e azedou de vez nesta segunda-feira. Em uma postagem nas redes sociais, Dalma, a filha mais velha, fez duras críticas ao profissional.

Os motivos de tanta animosidade entre os dois seriam a discussão em torno da herança de Maradona e o não comparecimento de Morla ao velório do ex-jogador. Dalma ironizou a amizade do advogado com seu pai e disse que tentou entrar em contato antes do velório.

“Te escrevo por aqui porque você mandou uma mensagem para minha irmã e perguntou por que você não pôde ir ao velório do seu “melhor amigo… se você tivesse me atendido nas 200 vezes que eu liguei para você, eu teria explicado perfeitamente. Fizemos um julgamento e parece que finalmente você vai ter que mostrar a cara… Se tiver alguma dúvida, me pergunte cara a cara! Espero que a justiça seja feita e eu juro que não vou parar até que isso aconteça, mas se não sua condenação é social”, escreveu Dalma em seu Instagram.

“Minha irmã não se preocupa com NINGUÉM e menos ainda por questionar se somos filhas de meu pai. E finalmente, obrigada: graças a Deus você não foi ao velório porque as pessoas que passavam te chamavam de assassino. Salvei você de um desgosto”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maradona tem cinco filhos reconhecidos com quatro mulheres. Com a primeira esposa, Claudia Villafañe, ele teve Dalma e Gianinna; em 2013 nasceu Diego Fernando, filho de Verónica Ojeda; no ano seguinte, assumiu oficialmente mais uma filha, Jana, que teve em 1996 com a italiana Valeria Sabalain; e em 2016, em outro reconhecimento judicial, reconheceu Diego Sinagra Maradona, também fruto de um relacionamento que teve na Itália, com Cristina Sinagra.

No entanto, tramitam na Justiça seis processos de paternidade envolvendo Maradona: os cubanos Javielito, Lu, Johanna e Harold, e os argentinos Santiago Lara e Magalí Gil, todos com idade entre 19 e 24 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estadão Conteúdo




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade