fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Bahia volta a perder para o Defensa y Justicia e está eliminado da Sul-Americana

O Bahia volta a campo pelo Brasileirão às 18h15 do próximo domingo, quando visita o Flamengo, no Maracanã

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Único representante brasileiro nas quartas de final da Copa Sul-Americana, o Bahia não seguirá sonhando com o título inédito Após derrota, por 3 a 2, na Fonte Nova, em Salvador, os comandados de Mano Menezes perderam novamente, agora por 1 a 0, para o Defensa y Justicia, na noite desta quarta-feira, no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na região metropolitana de Buenos Aires.

Precisando desesperadamente da vitória, o Bahia começou melhor a partida e, com nove minutos da etapa inicial, teve dois bons momentos. Primeiro, com Nino Paraíba, chutando por cima do travessão; depois, com Élber, parando em defesa de Unsain.

O Defensa y Justicia equilibrou as ações e só voltou a ser ameaçado aos 24, quando Gregore fez boa jogada e cruzou para Ramírez, que girou bem e mandou para fora. A melhor chance mandante saiu em lance curioso, aos 30, já que Ronaldo foi tentar afastar e quase marcou contra.

Imediatamente a seguir, Gilberto arriscou de longe e quase marcou um lindo gol para os baianos. Rossi, aos 42, teve três finalizações em sequência e, na melhor delas, na primeira, batida, carimbou o travessão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A etapa complementar teve ritmo alucinante nos minutos iniciais. Aos dois, Brian Romero limpou Ernando e bateu, sem força, mas com perigo. Depois, aos quatro, Élber recebeu de Juninho Capixaba e parou em ótima ação do goleiro Unsain. Os donos da casa quase marcaram aos 17, com Brian Romero, que exigiu grande intervenção de Douglas Friedrich.

Se a situação do Bahia se encaminhava para um drama, tudo ficou ainda mais difícil aos 25, quando Rossi recebeu cartão vermelho e deixou os brasileiros com um jogador a menos. Mas este cenário durou pouco, já que, aos 29, Acevedo levou o segundo amarelo e também foi expulso, igualando o duelo em dez jogadores para cada lado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O único gol do duelo saiu aos 41, quando Walter Bou acionou Braian Romero, que apostou corrida com Juninho Capixaba e tocou na saída do goleiro visitante. Walbert Bou, aos 45, arriscando de fora da área, ainda quase ampliou.

Lutando contra o rebaixamento no Brasileiro, mas sonhando com vaga para a edição de 2021 da Copa Sul-Americana, o Bahia volta a campo pelo Brasileirão às 18h15 do próximo domingo, quando visita o Flamengo, no Maracanã.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FICHA TÉCNICA

DEFENSA Y JUSTICIA 1 X 0 BAHIA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

DEFENSA Y JUSTICIA – Unsain; Brítez, Frías, Héctor Martínez e Paredes (Breitenbruch); Acevedo e Larralde (Escalante); Rius (Walter Bou), Pizzini (Enzo Fernández) e Isnaldo; Braian Romero (Loaiza). Técnico: Hernán Crespo.

BAHIA – Douglas Friedrich; Nino Paraíba (Daniel), Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Ronaldo (Gabriel Novaes) e Gregore; Juan Ramírez (Rodriguinho); Rossi, Gilberto (Zeca) e Élber (Clayson). Técnico: Mano Menezes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

GOL – Braian Romero, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Larralde, Paredes, Acevedo (Defensa y Justicia); Gregore, Clayson (Bahia).

CARTÕES VERMELHOS – Acevedo (Defensa y Justicia); Rossi (Bahia).

ÁRBITRO – Eder Aquino (Paraguai).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

RENDA E PÚBLICO – Portões fechados.

LOCAL – Estádio Norberto Tomaghello, em Florencio Varela (Argentina).

Estadão Conteúdo




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade