Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

As cores do Tour de France

Quando falamos sobre o Tour de France logo aparece uma imagem amarela na cabeça. Mas será que tudo é amarelo? Existem outras cores?

Por Fabrício Lino 04/07/2022 7h09
Foto: AFP

Quando falamos sobre o Tour de France logo aparece uma imagem amarela na cabeça, camisa do líder, propagandas e até mesmo os belíssimos girassóis que embelezam o terreno francês nesta época do ano. Mas será que tudo é amarelo? Existem outras cores?

O símbolo da excelência – o objetivo maior de todo ciclista é pelo menos “vestir” a Maillot Jaune por um ou mais dias. Isso já significa uma glória, uma vitória premium, um momento que todos buscam em sua carreira. Porém, o auge é vestir a “amarelinha” no último dia na Champs Élysées em Paris aos olhos de milhões de pessoas em todo o mundo, com o Arco do Triunfo como pano de fundo. Mas para isso o ciclista tem que ser completo; percorrer bem os planícies, se defender e atacar nas montanhas e ter um perfeito contra-relógio.

Desde 1981 o patrocinador oficial desta camisa é a LCL (Le Crédit Lyonnais). Falar sobre os maiores vencedores desta camisa pode ser um tanto controverso em virtude de fatos veiculados nas duas últimas décadas, mas é certo que todos os espectadores tem sua preferência e seguem um pouco da história de alguns bons e fortes ciclistas que estão aparecendo a cada ano.

Colombiano Egan Bernal vestindo a camisa amarela. Foto: Divulgação

O símbolo da velocidade – a cor destinada ao melhor velocista (ou sprinter) é o verde! Esta premiação foi criada em 1953 por uma loja de roupas (La Belle Jardinière, fundada no século XIX). Hoje a marca que patrocina estes rápidos ciclistas é a SKODA, empresa tcheca de automóveis fundada em 1925. São várias metas distribuídas ao longo dos percursos diariamente, todas elas valendo e somando pontos aos três primeiros ciclistas que passarem por elas. Durante o TDF e a cada dia que passa esta camisa pode mudar de ciclista para ciclista a depender de quão acirrada esteja a disputa. É comum ver o mesmo ciclista usando por vários e vários dias em virtude de um jogo de estratégia e economia de força, afinal, muitos preferem vencer a meta de chegada do que sair em fuga (às vezes sozinho) para acumular pontos.

Peter Sagan, sete vezes camisa verde. Foto: Wikimedia Commons

O símbolo das montanhas – a camisa que tem um valor enorme, na opinião de muitos, é a POLKA DOT JERSEY branca com bolas vermelhas, ela foi introduzida no TDF em 1933 e atualmente é patrocinada pela E.LECLERC (organização estilo magazine, fundada em 1901). Esta camisa segue o mesmo critério de acúmulo e somatório de pontuação, mas ao invés de premiar os explosivos velocistas, ela consagra o “Rei da Montanha”, geralmente um ciclista que gosta de ultrapassar limites além de ser muito corajoso. Este competidor geralmente tem uma característica bem magra e de muita força pois escalar as longas e inclinadas montanhas não é uma tarefa fácil para a grande maioria. Por isso é comum perceber duas coisas: por vezes o próprio camisa amarela é também o detentor desta camisa (que neste caso passa para o segundo melhor pontuado); e também este ciclista figura nas etapas de montanha mais à frente do pelotão.

Richard Virenque. Foto: Divulgação

O símbolo da juventude – a camisa pouco lembrada por muitos mas que é uma porta de entrada no hall da fama do ciclismo desde 1975, é a Maillot Blanc, antes disso, desde 1968 ela era concedida ao ciclista que combinava a melhor pontuação entre a velocidade e a força (sprinter e montanhista). Na atualidade é patrocinada por uma marca ótica (KRYS) e premia o ciclista que detém todas as características de um verdadeiro (e possível) campeão do Tour, por vezes é concedida para o mesmo ciclista por mesmo tão jovem ser o vencedor do Tour. Esta linda camisa tem todas as características e formato de conquista da camisa amarela com um pequeno detalhe: ela é concedida ao melhor “ciclista jovem” na disputa (com até 26 anos).

Andy Schleck. Foto: Divulgação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar