fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Promoções

Temperinho nacional

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Ele pegou um ótimo filão. Enquanto vários restaurantes procuram especializar-se na gastronomia internacional, Alexandre Quaresma abrirá na quarta-feira, dia 16, um restaurante, segundo ele, 100% brasileiro.

Somente para se ter idéia, o carro chefe do Armazém Nacional será o PF Nacional do Dia. “Mas tudo muito elaborado”, destaca Alexandre. E é mesmo. Longe dos bifes borrachudos dos PFs servidos nos botequins da vida, o do Armazém leva carne de primeira e é servido em sous-plat de madeira e talheres franceses.

Seguindo a regra de valorizar um menu completamente nacional, deve-se provar o espeto de filé especial, prato feito com filé, bacon, tomate, cebola, pimentão, arroz branco e farofa de ovos ou ainda um tucunaré grelhado com creme de leite de castanha do Pará, guarnecido com arroz de cebola e tomate recheado.

A decoração é bárbara. São três ambientes, sendo um mezanino e um na parte externa com mesas que lembram ferro fundido e lustres de Paris. Além disso, a casa funcionará como uma delicatessen e terá adega climatizada. Ah! A luz natural é o máximo. Tudo muito criativo, queridos leitores. Basta esperar a inauguração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade

Promoções

Temperinho nacional

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Ele pegou um ótimo filão. Enquanto vários restaurantes procuram especializar-se na gastronomia internacional, Alexandre Quaresma abrirá na quarta-feira, dia 16, um restaurante, segundo ele, 100% brasileiro.

Somente para se ter idéia, o carro chefe do Armazém Nacional será o PF Nacional do Dia. “Mas tudo muito elaborado”, destaca Alexandre. E é mesmo. Longe dos bifes borrachudos dos PFs servidos nos botequins da vida, o do Armazém leva carne de primeira e é servido em sous-plat de madeira e talheres franceses.

Seguindo a regra de valorizar um menu completamente nacional, deve-se provar o espeto de filé especial, prato feito com filé, bacon, tomate, cebola, pimentão, arroz branco e farofa de ovos ou ainda um tucunaré grelhado com creme de leite de castanha do Pará, guarnecido com arroz de cebola e tomate recheado.

A decoração é bárbara. São três ambientes, sendo um mezanino e um na parte externa com mesas que lembram ferro fundido e lustres de Paris. Além disso, a casa funcionará como uma delicatessen e terá adega climatizada. Ah! A luz natural é o máximo. Tudo muito criativo, queridos leitores. Basta esperar a inauguração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade