fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Promoções

Leila Pinheiro canta em tributo

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Amigos musicais. É assim que Leila Pinheiro define a amizade que teve com Renato Russo, e da qual nasceu a canção Hoje, uma das que a cantora vai apresentar no domingo, junto com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional. “Foi uma maravilha ter recebido o convite para participar desse show”, disse Leila Pinheiro que chega a Brasília amanhã de manhã. “Ele merece essa homenagem. Acho importante preservar a grandiosidade da obra dele.” O show, do qual Leila irá participar ao lado da cantora brasiliense Célia Porto, acompanhada pela Orquestra Sinfônica, será transformado num CD ao vivo. “Vou cantar Que País é Esse?, Eu Sei, Tempo Perdido e Hoje, parceria minha com o Renato”, revela a artista que gravou a última música no mais recente CD póstumo do poeta e roqueiro brasiliense, Presente. “As pessoas se comovem com esse tipo de movimento. É muito bacana.” O convite para Leila participar do show foi idéia da mãe de Renato Russo, dona Carminha. “Elas (Leila e Carminha) são amigas. A mãe do Renato já havia falado com ela a respeito da participação nessa homenagem”, explica a produtora da cantora, Moema Eifler. “Mas foi o maestro Sílvio Barbato quem me ligou, me chamando”, diz Leila. Para cuidar dos detalhes da apresentação, a cantora desembarca em Brasília amanhã pela manhã para ensaiar com a orquestra as quatro músicas que vai apresentar. O show reunindo Leila Pinheiro, Célia Porto e a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional faz parte das comemorações dos 43 anos de Brasília. O evento será no palco montado na Esplanada dos Ministérios (em frente à Rodoviária), às 17h, com entrada gratuita.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Promoções

Leila Pinheiro canta em tributo

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Amigos musicais. É assim que Leila Pinheiro define a amizade que teve com Renato Russo, e da qual nasceu a canção Hoje, uma das que a cantora vai apresentar no domingo, junto com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional. “Foi uma maravilha ter recebido o convite para participar desse show”, disse Leila Pinheiro que chega a Brasília amanhã de manhã. “Ele merece essa homenagem. Acho importante preservar a grandiosidade da obra dele.” O show, do qual Leila irá participar ao lado da cantora brasiliense Célia Porto, acompanhada pela Orquestra Sinfônica, será transformado num CD ao vivo. “Vou cantar Que País é Esse?, Eu Sei, Tempo Perdido e Hoje, parceria minha com o Renato”, revela a artista que gravou a última música no mais recente CD póstumo do poeta e roqueiro brasiliense, Presente. “As pessoas se comovem com esse tipo de movimento. É muito bacana.” O convite para Leila participar do show foi idéia da mãe de Renato Russo, dona Carminha. “Elas (Leila e Carminha) são amigas. A mãe do Renato já havia falado com ela a respeito da participação nessa homenagem”, explica a produtora da cantora, Moema Eifler. “Mas foi o maestro Sílvio Barbato quem me ligou, me chamando”, diz Leila. Para cuidar dos detalhes da apresentação, a cantora desembarca em Brasília amanhã pela manhã para ensaiar com a orquestra as quatro músicas que vai apresentar. O show reunindo Leila Pinheiro, Célia Porto e a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional faz parte das comemorações dos 43 anos de Brasília. O evento será no palco montado na Esplanada dos Ministérios (em frente à Rodoviária), às 17h, com entrada gratuita.


Leia também
Publicidade