Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Promoções

Futebol, uma paixão nacional

Por Arquivo Geral 31/10/2003 12h00

Nelson Rodrigues era um apaixonado pelo futebol, sobretudo pelo tricolor carioca, do qual era torcedor fanático, tanto é que foi o primeiro jornalista brasileiro a chamar Pelé de “Rei”. Baseado nas crônicas esportivas do autor, o espetáculo Momentos – Futebol – Paixão de Nelson Rodrigues, sob direção de Nelson Rodrigues Filho, vem a Brasília para falar da maior paixão brasileira. As apresentações serão de hoje a domingo, no Teatro da Caixa.

O espetáculo é a última parte da trilogia Momentos de Nelson Rodrigues, que começou com Beijos, em 2000, e seguiu com Obsessões, em 2001. O texto tem adaptação de Braz Chediak, Maurício Antoun e Nelson Rodrigues Filho e parte da crônica Complexo de Vira-latas e também cita outras publicadas nas décadas de 50 a 70, em jornais e revistas. “A verdadeira paixão do homem é o futebol. E isso Nelson retratava em suas crônicas”, afirma Nelson Rodrigues Filho. O espetáculo também mostra a narração pelo rádio dos jogos dos velhos tempos e contos da série A Vida Como Ela é. “É uma obra que ele dava uma importância grande, porque dela surgiram várias peças”, diz.

A peça se desenrola no bordel da Madame Cri-Cri, onde 13 personagens criados por Nelson, como Sobrenatural de Almeida, Gravatinha, Peixoto, Pola Negri e a Estágiária-de-Calcanhar-Sujo, se reúnem para homenageá-lo, lembrando crônicas em que o futebol é o tema central. “A gente animou personagens históricos das crônicas esportivas dele. Eles vão contando as histórias, como a personagem que não sabia quem era a bola, e também mostrar a paixão de Nelson pelo Fluminense”, conta o diretor. No elenco, a neta de Nelson Rodrigues, Cristiane Rodrigues, é a anfitriã do encontro dos personagens, interpretados por Mateus Sartori, Ricardo Vicente e outros.






Você pode gostar



Promoções

Futebol, uma paixão nacional

Por Arquivo Geral 31/10/2003 12h00

Nelson Rodrigues era um apaixonado pelo futebol, sobretudo pelo tricolor carioca, do qual era torcedor fanático, tanto é que foi o primeiro jornalista brasileiro a chamar Pelé de “Rei”. Baseado nas crônicas esportivas do autor, o espetáculo Momentos – Futebol – Paixão de Nelson Rodrigues, sob direção de Nelson Rodrigues Filho, vem a Brasília para falar da maior paixão brasileira. As apresentações serão de hoje a domingo, no Teatro da Caixa.

O espetáculo é a última parte da trilogia Momentos de Nelson Rodrigues, que começou com Beijos, em 2000, e seguiu com Obsessões, em 2001. O texto tem adaptação de Braz Chediak, Maurício Antoun e Nelson Rodrigues Filho e parte da crônica Complexo de Vira-latas e também cita outras publicadas nas décadas de 50 a 70, em jornais e revistas. “A verdadeira paixão do homem é o futebol. E isso Nelson retratava em suas crônicas”, afirma Nelson Rodrigues Filho. O espetáculo também mostra a narração pelo rádio dos jogos dos velhos tempos e contos da série A Vida Como Ela é. “É uma obra que ele dava uma importância grande, porque dela surgiram várias peças”, diz.

A peça se desenrola no bordel da Madame Cri-Cri, onde 13 personagens criados por Nelson, como Sobrenatural de Almeida, Gravatinha, Peixoto, Pola Negri e a Estágiária-de-Calcanhar-Sujo, se reúnem para homenageá-lo, lembrando crônicas em que o futebol é o tema central. “A gente animou personagens históricos das crônicas esportivas dele. Eles vão contando as histórias, como a personagem que não sabia quem era a bola, e também mostrar a paixão de Nelson pelo Fluminense”, conta o diretor. No elenco, a neta de Nelson Rodrigues, Cristiane Rodrigues, é a anfitriã do encontro dos personagens, interpretados por Mateus Sartori, Ricardo Vicente e outros.






Você pode gostar