Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

“São problemas muito graves”, diz deputado Fábio Felix sobre confusão no concurso da Sedestmidh

Publicado

em

Advertisements

Ana Karolline Rodrigues
ana.rodrigues@grupojbr.com

Após confusão envolvendo o concurso da Sedestmidh, na manhã deste domingo (24), o deputado distrital Fábio Felix(PSOL) comentou os problemas pontuados pelos estudantes que realizariam a prova, considerando os ocorridos como “problemas muito graves”. Segundo ele, estão sendo tomadas providências junto ao Governo do Distrito Federal (GDF) e ao próprio Instituto Brasil de Educação (Ibrae), banca organizadora do concurso, para que os candidatos não sejam prejudicados pela não aplicação da prova.

Na declaração, o deputado informou que recebeu muitas mensagens de pessoas que foram realizar a prova da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) na manhã deste domingo e se depararam com uma situação atípica de tumulto. “Estamos reunindo todos os relatos e vamos acionar o Governo do Distrito Federal e a banca realizadora do concurso para garantir que os candidatos não sejam prejudicados. Também pediremos a total apuração acerca da denúncia de fraudes e falhas graves no certame”, afirmou.

Segundo Fábio Felix, a situação foi recebida com muita preocupação. “Problemas muito graves tanto na Unip quanto na Upis de condução gerenciamento da banca. Vários candidatos e candidatas prejudicados. Tiveram uma série de denúncias e a gente vai apurar, já começamos a apurar. Estamos juntamos os relatos e amanhã vamos tomar todas as providências tanto junto ao Governo do Distrito Federal, quanto junto a essa banca organizadora para que nenhum candidato seja prejudicado por esse certame”, disse.

“É muito ruim um concurso tão esperado, que as pessoas dedicaram sua vida para estudar e são prejudicadas por erro da banca, por falta de organização e gerenciamento nesse processo seletivo. Então contem com nosso mandato para que ninguém seja prejudicado nesse processo”, garantiu o deputado.

Provas suspensas

Após as confusões relatadas por candidatos na Universidade Paulista (Unip) e na União Pioneira de Integração Social (Upis), a direção da banca organizadora do concurso emitiu comunicado informando a suspensão das provas no período vespertino. Segundo o Ibrae, uma nova data para aplicação da prova será informada posteriormente.

 

Foto: Reprodução.

 

Versão Oficial

Em nota a Secretaria de Desenvolvimento Social informou que a responsabilidade é totalmente do Ibrae, pois a Instituição foi contratada exclusivamente para esse serviço. A Pasta ainda ressaltou que, havendo falhas na execução que coloquem o concurso em risco ou quanto à sua legalidade na realização, as medidas administrativas e judiciais serão tomadas pela secretaria.


Você pode gostar
Publicidade