fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

“Boca de esgoto”, diz ministro da Educação sobre jornalista

Comentários feitos nas publicações de Weintraub indicam que as ofensas são direcionadas a Marco Antonio Villa, da Jovem Pan

Avatar

Publicado

em

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
PUBLICIDADE

Na tarde desta quinta-feira (23), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, acusou um jornalista de propagar mentiras sobre irregularidades na compra de computadores feita pelo Ministério da Educação (MEC) para escolas do Brasil, detectada pela Controladoria-Geral da União (CGU). Comentários feitos nas publicações de Weintraub indicam que as ofensas são direcionadas a Marco Antonio Villa, recentemente recontratado pela Jovem Pan.

O ministro se referiu ao jornalista como “boca de esgoto”. Com discurso, que começou calmo e terminou mais exaltado, ele sugeriu que Villa usasse enxaguante bucal para melhorar um suposto mau hálito e que, se não resolvesse, seria necessário utilizar água sanitária. 

“O que você pode esperar de uma pessoa que ninguém quer sentar perto dele? Todo mundo quer distância. Será que é só essa coisa carregada ou é pela fama de mau hálito também? Se for mau hálito, eu não vou lá enquanto ele estiver, mas para as próximas pessoas que quiserem passar pelo suplício de uma entrevista, tenta usar um produtinho aí. Talvez melhore. Não sei se vai ser suficiente, ô boca de esgoto”, diz o ministro. Weintraub continua: “Se não conseguir, água sanitária”, finaliza, com um frasco do produto na mão. Veja:

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade