Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Saúde

Planos de saúde dizem que paciente jovem elevou custo de UTI

Motivo, segundo a entidade, é o aumento das internações de pacientes jovens, que ficam por mais tempo em terapia intensiva, além da severidade dos casos

Foto: André Coelho/AFP

Joana Cunha
São Paulo, SP

A Abramge, associação que reúne empresas de planos de saúde, diz que o custo médio por paciente internado com Covid-19 em UTIs cresceu quase 40% entre abril de 2020 e março deste ano, para R$ 56 mil.

O motivo, segundo a entidade, é o aumento das internações de pacientes jovens, que ficam por mais tempo em terapia intensiva, além da severidade dos casos.

Os planos de saúde têm sido pressionados por entidades de defesa do consumidor a segurarem o aumento nos preços, mas argumentam que a inflação dos insumos usados no tratamento e a importação dos medicamentos do kit intubação, principalmente os bloqueadores neuromusculares, também fizeram o custo subir.

Afirma, ainda, que o tempo médio de internação variou entre 11 e 13 dias durante o período.

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar