Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Saúde

Obesidade, sedentarismo e tabagismo podem estar associados a hipertensão arterial e diabetes

Essas doenças podem ser evitadas com estilo de vida mais saudável

Após um estudo realizado pela CAPESESP (Caixa de Previdência e Assistência dos Servidores da Fundação Nacional de Saúde), foi constato que a obesidade, o sedentarismo e o tabagismo podem estar associados ao surgimento de hipertensão arterial e diabetes. A pesquisa analisou o potencial impacto do estilo de vida de 46 mil beneficiários do plano de saúde ao longo de dez anos.


O estudo constatou que aqueles que não apresentavam fatores de risco em 2007 permaneceram livres das doenças 10 anos depois (2017). Desse grupo, 37% não desenvolveram hipertensão arterial e 31% continuaram sem manifestar diabetes. Os dados analisados foram obtidos a partir de pesquisas de saúde populacional realizadas pela entidade e registros de eventos no sistema informatizado.


De acordo com os autores da pesquisa, os médicos João Paulo dos Reis Neto, Diretor-Presidente da CAPESESP e Juliana Martinho Busch, Diretora de Previdência e Assistência da Entidade, essas duas doenças são particularmente importantes, pois também podem agravar ainda outras comorbidades, elevando o risco de mortalidade, além de gerar um impacto significativo, na utilização dos recursos assistenciais e na economia familiar como um todo, uma vez que resulta em incapacidade para atividades laborativas e perda de produtividade.


Ainda segundo os especialistas, o incentivo a uma rotina saudável é fundamental para reduzir os fatores de risco e assim, viver melhor e por mais tempo, ressaltam.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar