Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Saúde

Evento para profissionais de saúde debate variante ômicron

Mesmo provocando sintomas mais leves e menos hospitalizações, a variante ainda causa muita preocupação

Por FolhaPress 25/01/2022 6h39
Foto: Reprodução

A nova onda de Covid-19 desperta muitas dúvidas -não só em pacientes, mas também em profissionais da saúde, quanto aos sintomas da nova variante, a ômicron, a sua transmissibilidade, as relações com as vacinas e os testes diagnósticos para a doença.

Mesmo provocando sintomas mais leves e menos hospitalizações, a variante ainda causa muita preocupação. Os números alarmantes de novos casos, em um contexto de subnotificação e falta de testes, pressionam os profissionais da área.

Para esclarecer e debater o que já se sabe sobre a ômicron e preparar os diversos profissionais da saúde para atuar nas linhas de frente de maneira eficiente, as plataformas Hematolog e Covidlog, do Hospital Israelita Albert Einstein, promovem nesta quarta-feira (26), às 19h, a mesa-redonda “Covid-19: Desvendando a Ômicron”.

A participação é gratuita mediante cadastro em uma das plataformas, e os profissionais participantes receberão um ebook com as principais perguntas e respostas discutidas no evento.

“Atualmente lidamos não apenas com o vírus, mas com a disseminação de informações mentirosas e, mais do que nunca, o conhecimento e a ciência são as nossas principais ferramentas para barrar o avanço do coronavírus no Brasil”, diz Nelson Hamerschlak, médico hematologista do hospital Albert Einstein, que estará presente no debate.

Além de Hamerschlak, participarão Tarcila Datoguia (hematologista do Einstein), Jairo Tabacow Hidal (endocrinologista do Einstein), Fernando Gatti (mestre e doutor em infectologia pela Universidade Federal de São Paulo) e Clarisse Machado (infectologista e pesquisadora do Instituto de Medicina Tropical da USP e do Instituto de Ensino e Pesquisa do Einstein).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar