Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Saúde

Com o avanço da vacinação, médicos ressaltam a importância de acompanhamento regular

Pesquisa revelou que, durante a pandemia, 43% dos entrevistados reduziram suas consultas médicas e 58% decidiram adiar ou fazer com menor frequência suas avaliações de rotina

Foto: Johanna Geron/Reuters

O medo do contágio pelo vírus da covid-19 mudou drasticamente a rotina dos indivíduos. Reflexo disso é o número de pessoas que deixaram de procurar assistência à saúde, por medo de se infectar. Pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) e pela Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) revela que o descuido com a saúde aumentou durante o período de pandemia, tanto no tratamento com idas ao médico para acompanhamento das doenças estabelecidas, como pelos cuidados preventivos com uma vida mais saudável. O estudo indicou que 43% dos entrevistados reduziram suas consultas médicas e 58% decidiram adiar ou fazer com menor frequência suas avaliações de rotina. Entretanto, especialistas apontam que este comportamento pode ter consequências irreversíveis. Diagnósticos tardios em doenças como o câncer, por exemplo, podem ser fatais, enquanto um diagnóstico precoce aumenta as chances de cura em até 95%.

Agora, com mais de 50% da população brasileira com as duas doses dos imunizantes ou dose única, segundo dados da Rede Nacional de Dados em Saúde do Ministério de Saúde, médicos e profissionais de saúde ressaltam a importância desse acompanhamento rotineiro. O cardiologista e diretor de Relacionamento com o Mercado do Sabin Medicina Diagnóstica, Bruno Ganem, explica que os cuidados contínuos com a saúde são essenciais: “A realização de consultas para acompanhamento médico preventivo e tratamento devem estar na agenda de todos”.

Durante consultas regulares, o médico especialista realiza a avaliação do paciente e solicita exames necessários para uma melhor análise, auxiliando na prevenção, no diagnóstico e melhor acompanhamento de enfermidades. “A única forma de detectar doenças sem sintomas de forma precoce é realizando um acompanhamento médico constante e um check-up regular. Ao diagnosticar uma doença precocemente, as chances de cura aumentam, bem como a sua qualidade de vida. Um infarto do coração ou um AVC (acidente vascular cerebral), por exemplo, podem acontecer de repente. Mas, com um acompanhamento médico e um check-up, é possível antever condições sem sintomas, sinais e fatores de risco que podem ser prevenidos e tratados, como hipertensão arterial, diabetes e colesterol alto”, pontuou.O médico reforça também a importância da adoção de hábitos saudáveis. “Manter uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente fazem parte de um estilo de vida que ajuda a prevenir muitas doenças crônicas como obesidade, diabetes, doenças pulmonares e cardiovasculares”, afirma. 

O Grupo Sabin implantou o serviço de check-up executivo rápido, cômodo e seguro. No Sabin Prime, é possível ter uma visão 360º da saúde com uma equipe multidisciplinar que realiza a avaliação completa do paciente em poucas horas. Com conforto e equipamentos modernos, o serviço inclui consultas a oito especialidades médicas integradas, exames clínicos e de imagem. Após a realização de todos os exames, é agendado o retorno para apresentação do relatório médico completo com as orientações e recomendações. “Nós alinhamos conhecimento técnico e experiência às necessidades de cada paciente. Nos propomos a cuidar da saúde de modo rápido, eficiente e com alta qualidade”, compartilha Bruno Ganem.








Você pode gostar