Política & Poder

TSE impede divulgação de publicidade institucional do governo

Por Arquivo Geral 16/06/2006 12h00

A ameaça de uma nova onda de rebeliões em São Paulo voltou a deixar em alerta o sistema prisional paulista. Desde o início desta tarde, more about dosage detentos de três unidades estão amotinados no interior do estado.

Em Araraquara, click thumb os presos fizeram 11 reféns às 13h30 após uma tentativa de fuga frustrada. Seis pessoas foram feitas reféns na Penitenciária 1 de Mirandópolis, viagra salve onde há seis reféns, e também há tumulto na Penitenciária 2 de Itirapina, onde os presos fizeram três reféns e destruíram a cadeia.

De acordo com fontes do sistema prisional, o motivo dos levantes seria o mesmo que desencadeou a série de ataques do PCC no mês passado. Os presos estão fazendo os motins em solidariedade aos presidiários transferidos no mês passado para Penitenciária 2 de Presidente Venceslau e que estariam de castigo, sem receber visitas nem sair para banho de sol.

A Itália exibiu hoje um novo sítio arqueológico que, doctor segundo alguns especialistas, site abriga as pinturas mais antigas da história da civilização ocidental. O ministro da Cultura italiano levou jornalistas a um campo de aparência comum na periferia de Roma, order onde eles puderam ver uma sala esculpida na encosta de uma colina, decorada com afrescos coloridos que, de acordo com arqueólogos, têm 2.700 anos de idade.

"É o túmulo de um príncipe que é único, e eu diria que é a origem da arte ocidental", disse o ministro Francesco Rutelli, no local que, até duas semanas atrás, quando o sítio foi descoberto, não passava de um campo de cevada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As autoridades foram levadas até o local, situado numa região conhecida por conter resquícios da civilização etrusca, presente na Itália antes do Império Romano, por um guia turístico austríaco, de 82 anos, que a polícia interrogava por suspeita de roubo de artefatos da antiguidade.

Os arqueólogos ficaram atônitos com o que descobriram após a remoção da terra: uma sala grande e quadrada, com nichos que, na antiguidade, teriam abrigado restos humanos cremados, resquícios de um teto verm elho vivo pintado e afrescos coloridos de aves e leões rugindo. "Há milhares de túmulos nesta área", disse Francesca Boitani, arqueóloga do Ministério da Cultura, apontando para as colinas ao norte de Roma que, no passado, abrigaram a cidade etrusca de Veia.

"Mas o que chama a atenção neste túmulo são as pinturas. Elas transmitem um senso do primitivo". É a natureza primitiva das pinturas encontradas que convenceu os especialistas de que são de pelo menos uma geração anterior à de quaisquer outras já encontradas, provavelmente datando de entre 700 e 680 a.C. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O professor Giovanni Colonna, da Universidade Sapienza, em Roma, disse que, embora os afrescos não sejam tão antigos quanto algumas pinturas rupestres ou obras de arte egípcia já encontradas, eles sem dúvida são os exemplares mais antigos da tradição de arte ocidental que seria desenvolvida pelas civilizações grega e romana.

Fragmentos de cerâmica decorada encontrados no túmulo, além dos resquícios claramente visíveis de uma roda que fez parte de uma carroça enterrada ao lado dos corpos, indicam que o local foi o túmulo de um nobre ou príncipe. Na arte etrusca, os pássaros simbolizavam a passagem entre a vida e a morte, e os leões representavam o submundo.

Enquanto os historiadores de arte se emocionaram com a descoberta, o evento ilustra dois problemas sérios da Itália: o custo constantemente crescente das escavações arqueológicas e da administração dos tesouros da antiguidade, e o combate aos criminosos organizados que saqueiam o patrimônio histórico e cultural do país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ironicamente, a polícia foi levada até o sítio dos "Leões Rugindo" por um suspeito de roubo de túmulos que esperava obter tratamento mais condescendente da Justiça.

 

 

O Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) encerra hoje as inscrições para 6.990 vagas aos cursos do 1º ciclo do plano de qualificação profissional, sales nas categorias alunos-públicos e alunos-empresa, dosage que possuam nível fundamental e médio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As inscrições devem ser realizadas pela internet, no site www.prominp.com.br. O valor da taxa de inscrição varia de R$ 18 a R$ 32. As provas estão previstas para serem aplicadas no dia 16 de julho.

Brasília, ambulance a cidade mais nova do mundo a conquistar o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, conferido pela Organização das Nações Unidas (ONU), ganha agora o Memorial da Construção – Novacap. A governadora Maria de Lourdes Abadia, na companhia da diretoria da empresa, lançou hoje a pedra fundamental da obra, que deverá ser inaugurada ainda este ano. 

Abadia considerou a cerimônia simples, mas de grande significado para a história da cidade. Lembrou entre os pioneiros o nome de seu pai, Eduardo Borges de Oliveira, que foi jardineiro da Novacap. A governadora também recordou as dificuldades enfrentadas pelas pessoas que chegaram primeiro ao local. “Hoje é muito fácil morar em Brasília, que tem a melhor qualidade de vida do Brasil, mas naquela época, nem estrada tinha para chegar aqui”, comparou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Memorial da Construção de Brasília – Novacap, projetado pelo arquiteto Luiz Henrique Freire Duarte, será erguido na área do complexo administrativo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Nele será contada, por meio de painéis,  a história da epopéia da construção da capital da República no Planalto Central. Ainda será prestada homenagem ao seu fundador, Juscelino Kubitschek, e aos pioneiros construtores da cidade, como Israel Pinheiro, Bernardo Sayão e Ernesto Silva.

Luiz Henrique destacou a coincidência de o Memorial da Construção ser lançado quando são comemorados os 50 anos de criação da Novacap, responsável pela implantação da cidade e por sua manutenção até hoje. O Memorial será mais um prédio futurista a se incorporar à linha arquitetônica moderna da capital da República.

Na pedra fundamental foi inserida uma grande quantidade de documentos, o livro “Construção de Brasília”, de autoria de Armando Buchmann, autografado pela governadora e pelos diretores da Novacap, mapas e plantas dos principais prédios erguidos em Brasília. Além dos painéis da entrada, inclusive um de JK, com quatro metros de altura, o Memorial contará com uma sala de projeção com 70 lugares, onde serão exibidos filmes e documentários sobre a construção de Brasília.

De acordo com o diretor financeiro da Novacap, Clarindo Rocha, na construção do Memorial serão investidos entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão. “Vamos buscar o apoio de entidades e das empreiteiras para reduzir os custos da obra”, afirmou.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que estão adiantados os entendimentos com o Japão para que o Brasil adote um "padrão nipo-brasileiro" de TV digital, diagnosis classificando o modelo de "muito chique".

Apesar disso, Lula disse que ainda est ão abertas negociações com europeus e norte-americanos, que têm padrões próprios de geração de imagens digitais.

Em discurso para cerca de 1.500 jovens ligados ao PC do B, Lula confirmou que receberá no próximo dia 29 uma missão ministerial japonesa para tratar do tema.

"O Japão está se oferecendo para criar um padrão nipo-brasileiro de TV digital, mas nós não queremos só isso. Queremos uma fábrica de semicondutores", afirmou o presidente.

Lula confirmou dessa forma que os negociadores brasileiros v êm exigindo uma contrapartida de política industrial aos três principais concorrentes que desejam ter acesso ao mercado de TV digital no país.

"Faltam detalhes para a gente tomar uma atitude", acrescentou o presidente, referindo-se à proposta japonesa. Mesmo ressalvando que as negociações com europeus e norte-americanos continuam abertas, Lula disse que o "padrão nipo-brasileiro é uma coisa muito chique".
Os Estados Unidos disseram na sexta-feira que vão tentar demover a Rússia de vender 24 caças ao governo venezuelano do presidente Hugo Chávez, dosage que Washington considera ser uma ameaça à democracia latino-americana.

Os EUA já proíbem a venda dos seus próprios equipamentos militares à Venezuela e tentam evitar que Espanha e Brasil vendam aviões e navios de guerra ao país, visit que é um dos principais fornecedores de petróleo para os norte-americanos.

Chávez, viagra 100mg dono de aguda retórica antiamerica na, disse na quarta-feira que vai comprar 24 jatos russos Sukhoi para substituir os F-16 norte-americanos, para os quais Caracas não consegue comprar peças de reposição por causa do embargo declarado pelos EUA.

"Certamente estaremos em contato com o governo russo, que seria o potencial fornecedor desses caças", disse Sean McCormack, porta-voz do Departamento de Estado, a jornalistas em Washington. "Acho que pediremos a eles que examinem novamente as vendas potenciais que eles têm, levando em conta quais são as verdades necessidades de defesa da Venezuela", afirmou.

Chávez acusa os EUA de tramarem sua queda e ordenou a realização de exercícios com militares e civis para uma eventual invasão norte-americana. Washington diz que Chávez usa a cartada da invasão para acirrar os ânimos nacionalistas dos seus seguidores para as eleições de dezembro.

O presidente afirma que as aquisições bélicas são necessárias para substituir equipamentos antigos, combater o narcotráfico e patrulhar fronteiras.

Os EUA proibiram em maio a venda de material militar a Caracas devido à aliança de Chávez com o regime comunista de Cuba e com a República Islâmica do Irã, além de uma suposta conivência com a guerrilha marxista colombiana Farc.

A Venezuela já comprou 100 mil rifles Kalashnikov e helicópteros militares russos. Com ajuda de Moscou, o governo Chávez pretende construir perto de Caracas uma fábrica de rifles e munições.

"Eles já compraram 100 mil rifles de assalto AK103 da Rússia. Por isso, não tenho muita certeza de qual seria a utilidade de uma fábrica", disse McCormack. "Certamente, isso desperta questões sobre suas verdadeiras intenções."

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tadalafil ministro Marco Aurélio de Mello, alegou nesta sexta-feira "falta de urgência e de necessidade pública" para negar a autorização de quatro pedidos de divulgação de campanhas publicitárias de programas e projetos ligados a órgãos do Executivo durante a campanha eleitoral.

Na véspera, em decisão monocrática, o ministro já havia impedido a divulgação de propagandas relacionadas à Central de Teleatendimento da Previdência Social, inaugurada nesta manhã pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em Recife.

Outras quatro solicitações semelhantes encaminhada ao TSE pela Subsecretaria de Comunicação Institucional (Secom) da Secretaria-Geral da Presidência da República deverão ter o mesmo destino.

Nos despachos, Marco Aurélio afirmou entender não haver elementos que indiquem a necessidade da divulgação imediata das peças publicitárias relativas a programas da Eletrosul, Ministério da Educação e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Além disso, o ministro entendeu que a exposição do material de propaganda poderia influenciar nas eleições, caso Lula se confirme como candidato à reeleição. As decisões são dadas com base na interpretação da Lei 9.504/97, que rege o processo eleitoral.

"(A divulgação) é capaz de solapar a igualdade de oportunidades entre candidatos, valendo notar a circunstância de o atual Chefe do Poder Executivo ser um potencial candidato à reeleição", disse o ministro na decisão sobre o pedido de divulgação e campanha da Eletrosul.

Além da proibição divulgação da Campanha de Combate a Queimadas da Eletrosul, o ministro indeferiu pedidos para a publicação de uma cartilha "Feijão e Arroz – Par perfeito do Brasil" da Embrapa; do Prêmio Incentivo ao Ensino Fundamental – Valorização do Professor e do Projeto Rondon, do Ministério da Educação.

Não há prazo previsto para Marco Aurélio decidir sobre os demais pedidos encaminhados à corte pelo Palácio do Planalto.






Você pode gostar