Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

TCU forma maioria para privatização da Eletrobras

Até o momento, o placar de votos está em 6 a 1, sendo que o único a votar contra foi o ministro Vital do Rêgo

Foto: Divulgação/TCU

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) formou maioria, nesta quarta-feira (18), para aprovar a continuidade da privatização da Eletrobras.

Até o momento, o placar de votos está em 6 a 1, sendo que o único a votar contra foi o ministro Vital do Rêgo. Por enquanto, os votos não foram colhidos formalmente, tendo sido apenas sinalizados ao longo da discussão.

Vital do Rêgo, antes do julgamento do mérito, chegou a pedir que a votação fosse suspensa até que a área técnica do tribunal concluísse a fiscalização sobre as dívidas judiciais da estatal, que poderiam levar a uma subavaliação da empresa.

Este julgamento é a última fase de análise do tribunal, onde é avaliado o modelo de venda proposto pela União, como faixa de valor das ações na bolsa de valores.








Você pode gostar