Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Queiroga assegura que doses da Janssen não serão perdidas

Brasil receberá, na terça (15), um lote com 3 milhões de vacinas da Janssen que vencem no próximo dia 27

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (14) que as 3 milhões de doses da vacina da Janssen contra a covid-19 não serão perdidas. O Brasil receberá uma doação feita pelos Estados Unidos com o lote. Há a preocupação porque as doses vencem em 13 dias.

O lote chegará ao Brasil na terça-feira (15). Sendo assim, o Brasil terá 12 dias para utilizar as vacinas. A Janssen precisa de apenas uma dose para imunizar contra a covid. Queiroga afirmou que as doses serão distribuídas às capitais. “Será rapidamente aplicada, porque nossa capacidade de vacinar é muito boa e não vai haver perda dessas vacinas. Todas as questões são pactuadas na tripartite”, assegurou o ministro.

A tripartite citada é formada pelo Ministério da Saúde, pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass) e pelo Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems).

Polêmica com Doria

No domingo (13), Queiroga protagonizou uma cena inusitada no Twitter ao responder o governador de São Paulo, João Doria.

Doria havia informado que toda a população adulta de SP será vacinada contra a covid-19 até outubro deste ano. Queiroga respondeu sinalizando que isso só será possível porque o Ministério da Saúde enviará as doses para a imunização. O governador, então, acusou o ministro de “recalque”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar