Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Promotor Rinaldo Reis Lima é eleito para segundo mandato como conselheiro do CNMP

Se aprovados na sabatina da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, no Senado Federal, os nomes seguem para votação no Plenário da Casa

Na última quinta-feira (28/04), o promotor de Justiça e ex-Procurador-Geral de Justiça do MPRN, Rinaldo Reis Lima, foi um dos três indicados a representantes dos MPs Estaduais ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Além de Rinaldo, o também conselheiro Oswaldo D’Albuquerque foi eleito para o segundo mandato, e o ex-PGJ do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar dos Passos, integra pela primeira vez a lista. A Presidente da AMPERN, Juliana Limeira Teixeira, esteve presente na eleição.

Se aprovados na sabatina da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, no Senado Federal, os nomes seguem para votação no Plenário da Casa.

Ao ser reconduzido pelo CNPG, o atual conselheiro e corregedor nacional do MP, Rinaldo Reis Lima, declarou: “Agradeço por terem me confiado mais uma vez a chance de representá-los no CNMP. Essa gratidão traz muita responsabilidade também, pois, aqui nesta sala, estão as maiores lideranças do Ministério Público do Brasil. É motivo de muito orgulho para mim essa confiança novamente depositada. Continuem esperando sempre a minha lealdade e muito trabalho”.

Rinaldo Reis Lima é promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio Grande Norte (MPRN), foi procurador-geral de Justiça, além de ter presidido a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (AMPERN) e o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG). É conselheiro do CNMP desde 2019, ano em que assumiu o cargo de Corregedor Nacional do Ministério Público.

Com informações do Conselho Nacional do Ministério Público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar