Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Lira decide restringir circulação de visitantes na Câmara após lockdown no DF

Lira conversou ao telefone com Ibaneis, que informou sobre o lockdown no DF e recomendou a restrição da circulação

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), decidiu restringir a circulação de visitantes na Casa, depois da decisão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, de fechar todos os serviços não essenciais a partir da zero hora deste sábado, 27, para conter o avanço do novo coronavírus.

Em nota divulgada há pouco, a assessoria da presidência da Câmara informa que Lira conversou ao telefone com Ibaneis, que informou sobre o lockdown no DF e recomendou a restrição da circulação de visitantes na Câmara. “O presidente Arthur Lira concordou com a recomendação e enviou a decisão ao primeiro-secretário da Casa para formalização do ato”, diz a nota da assessoria.

O Senado também proibiu a entrada de visitantes. O ato do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), veda o acesso de visitantes às dependências da Casa enquanto durar as medidas do governo do DF.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar