Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

CPI da Covid: Marcos do Val pede troca de relator; presidente nega

“O senador Renan Calheiros tem o meu respeito e tem tido uma conduta de inquirir pensando no Brasil”, declarou o presidente da CPI, Omar Aziz

Por Willian Matos 18/05/2021 9h46
Marcos do Val Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Logo no início da sessão da CPI da Covid desta terça-feira (18), o senador Marcos do Val (Podemos-ES) pediu para que fosse trocado o relator da comissão, o senador Renan Calheiros (MDB-AM). Segundo do Val, Calheiros tem intimidado os convocados.

“Eu queria propor ao presidente a possibilidade de fazer uma troca. Nossos convidados estão extremamente intimidados depois do que aconteceu, e eu queria propor de, de repente, o senador Randolfe [Rodrigues, vice-presidente] assumir a relatoria, de o relator ir para o lugar do Randolfe ou o próprio [Eduardo] Girão”, declarou Marcos do Val. “Não é pela pessoa, mas os movimentos que os convidados estão fazendo junto ao STF está e estará atrapalhando os trabalhos da CPI”, completou.

O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), negou. “O senador Renan Calheiros tem o meu respeito e tem tido uma conduta de inquirir pensando no Brasil. Não é pensando na eleição, até porque o senador Renan não é candidato no ano que vem”, respondeu Aziz.

O presidente relembrou que algumas pessoas que estariam pedindo apoio do Supremo Tribunal Federal (STF) já criticaram a Corte em outras oportunidades. “É lógico que [a sabatina de Renan] desagrada. Agora, é bom a gente ver algumas pessoas irem ao Supremo pedir auxílio, até porque outro dia estavam querendo tocar fogo no supremo, queimar o supremo essas mesmas pessoas. Literalmente queriam fechar o Supremo Tribunal. Agora já estão atrás do supremo pedindo auxílio para que possam chegar aqui e ficar calados”, cravou Omar Aziz. “Então eu acho que não é o momento da gente ficar discutindo isso”, complementou.






Você pode gostar