Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Com MDB ‘pacificado’, convenção para formalizar Tebet deve ser virtual

Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou que não apresentará resistência após sinalização de que não sofrerá retaliação se apoiar o ex-presidente Lula (PT)

Por FolhaPress 04/07/2022 1h44
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Juliana Braga

O presidente do MDB, o deputado federal Baleia Rossi (SP), considera fazer a convenção nacional do partido de forma virtual diante do consenso que está se construindo em favor da candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS) à Presidência.

O Painel revelou neste domingo que o senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou que não apresentará resistência após sinalização de que não sofrerá retaliação se apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A legislação eleitoral exige que a convenção nacional avalize as candidaturas e Renan vinha ameaçando votar contra junto com outros 13 diretórios. Com a sinalização de um consenso, o encontro virtual é uma forma, até, de economizar recursos do partido. Ainda não há data para realização do evento, mas ele deve ocorrer até o final deste mês.

Levantamento feito pela Folha no final de maio apontava que, se a convenção fosse na época, a candidatura da senadora teria votos suficientes para ser aprovada pelo partido. No entanto, o cenário pode mudar até o meio do ano, quando ocorrerá a reunião. Alguns líderes de diretórios regionais e políticos do partido apontam que o apoio pode ser revertido, se a candidatura não decolar.








Você pode gostar