Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Bolsonaro decide ir à Cúpula das Américas e fará reunião bilateral com Biden

Christopher Dodd, representante de Biden, viajou a Brasília com a missão de convencer o chefe do Executivo brasileiro a participar do evento

Por FolhaPress 26/05/2022 12h32
Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Ricardo Della Coletta e Marianna Holanda
Brasília, DF

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu participar da Cúpula das Américas, encontro de líderes do continente que ocorrerá no início de junho em Los Angeles. A informação foi confirmada pelo Itamaraty.

Também está prevista a reunião bilateral com o presidente dos EUA, Joe Biden, à margem da reunião.

“O Itamaraty adota as medidas preparatórias para a visita do presidente da República a Los Angeles, para participar da próxima Cúpula das Américas”, afirmou o ministério em nota.

Bolsonaro recebeu na terça-feira (24) o emissário do governo americano, o ex-senador Christopher Dodd, que viajou a Brasília com a missão de convencer o chefe do Executivo brasileiro a participar do evento.

O presidente havia sinalizado que poderia faltar à cúpula, o que gerou na equipe de Biden o temor de esvaziamento do encontro –o líder do México, Andrés Manuel López Obrador, não deve comparecer.

A nona edição da Cúpula das Américas, organizada pelos EUA, foi idealizada como uma forma de simbolizar o retorno da liderança do país sob comando do democrata em assuntos latino-americanos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante a Presidência de Donald Trump, a região ficou em segundo plano, e o republicano chegou a faltar ao evento em 2018, tornando-se o primeiro líder americano a negligenciar o encontro.








Você pode gostar