Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Arte com ‘Fora Bolsonaro’ é removida do Minhocão pela Prefeitura de São Paulo

Colados acima de grafites das colunas, os cartazes trocavam o “Ordem e Progresso” da faixa da bandeira por dizeres contra o presidente

Por FolhaPress 19/05/2022 1h32
Foto: Reprodução / Redes sociais

A Prefeitura de São Paulo removeu, nesta quarta (18), cartazes artísticos da bandeira do Brasil fraseada com “Fora Bolsonaro” das colunas do Minhocão, nome popular da via expressa Elevado Presidente João Goulart.

Colados acima de grafites das colunas, os cartazes trocavam o “Ordem e Progresso” da faixa da bandeira por dizeres contra o presidente, como mostram imagens virais publicadas pelo perfil do Instagram Vila Buarque.

Segundo a página, as artes surgiram no início desta semana entre colunas das ruas General Jardim a Jaguaribe. “A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento esclarece que intervenções artísticas visíveis de logradouro público precisam ter anuência do proprietário do imóvel ou bem público onde serão expostas, o que não ocorreu neste caso”, declara a Prefeitura, em nota.

Nos últimos anos, tanto a bandeira quanto outros símbolos nacionais, como camisas da seleção de futebol e hino do país, passaram a ser atrelados a Bolsonaro e seus apoiadores.

Recentemente, porém, ativistas e artistas contrários ao presidente têm encabeçado um movimento que tenta desfazer essa associação, com hashtags como #ABandeiraÉNossa, #DevolvamANossaBandeira e #RetomadaDaBandeira.

Um caso famoso acontecido há pouco tempo é o de Daniela Mercury, que apareceu com a bandeira enrolada no corpo durante um show pró-Lula, que lhe rendeu acusações informais de showmício –após a viralização de um suposto contrato entre ela e a prefeitura paulistana, que bancou o evento e, depois da polêmica, suspendeu o cachê dela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar