Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Advogado diz que Wilson Lima não vai depor à CPI

Comissão deveria ouvir Wilson nesta manhã. Contudo, o a ministra Rosa Weber, do STF, concedeu um habeas corpus que o permite faltar à sessão

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), deve usufruir da decisão favorável do Supremo Tribunal Federal (STF) e não comparecer à CPI da Pandemia nesta quinta-feira (10).

Os advogados do governador informaram a decisão à CNN Brasil.

A CPI deveria ouvir Wilson nesta manhã. Contudo, o a ministra Rosa Weber, do STF, concedeu um habeas corpus que o permite faltar à sessão. Isso porque, segundo a magistrada, o governador tem o direito de não produzir provas contra si por ser alvo de investigações que apuram o desvio de verbas públicas na pandemia.

Na quarta (9), Wilson Lima havia dito que não tinha problema em prestar depoimento à CPI e que iria prestar todos os esclarecimentos necessários.

O depoimento de Wilson Lima estava previsto para o fim deste mês, mas foi antecipado a pedido do senador Marcos Rogério (DEM-RO), que citou que o governador foi alvo de operação da Polícia Federal. A ação da PF  investiga fraudes na contratação de um hospital de campanha em Manaus-AM. Membros da Secretaria de Saúde teriam favorecido empresários locais a mando do governador.






Você pode gostar