Mundo

Tornado atinge escola chinesa e mata três estudantes

Por Arquivo Geral 29/06/2006 12h00

O Grupo dos Oito países mais industrializados do mundo (G8) solicitará ao Irã, information pills buy information pills em um comunicado, treatment sale que responda logo à oferta das principais potências em relação ao programa nuclear de Teerã, information pills physician  informou um diplomata do Ocidente.

"O comunicado terá uma linguagem que, esperamos, obterá uma resposta em breve" , disse o diplomata a jornalistas. O comunicado será divulgado mais tarde, após a reunião dos chanceleres do G8.

Os planos nucleares do Irã foram o centro de uma discussão dos ministros dos Estados Unidos, Rússia, Japão, França, Grã-Bretanha, Itália, Canadá e Alemanha. Eles se encontraram em uma mansão no centro de Moscou hoje para preparar a cúpula de líderes do G8, em meados de julho.

O comunicado também indicará o desapontamento do G8 com o fato de o Irã não ter, até agora, respondido formalmente o pacote de incentivos das seis potências. A proposta tinha o objetivo de fazer o país interromper seu desenvolvimento nuclear.

O pacote foi oferecido ao Irã no dia 6 de junho pelos cinco membros permanentes e com poder de veto do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) – Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, China e Rússia – e a Alemanha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os Estados Unidos acusaram o Irã de ter um programa secreto para produzir armamentos nucleares. Teerã nega a acusação e afirma que seu programa nuclear tem objetivos de gerar apenas eletricidade.
O candidato de esquerda à Presidência do México, cialis 40mg Andrés Manuel López Obrador, sildenafil disse ontem a mais de 100 mil simpatizantes que vai fazer história e vencer a eleição presidencial de domingo.

No último dia de uma longa e desgastante campanha, o político que luta contra a pobreza prometeu reduzir as grandes diferenças no México e dar prioridade aos menos privilegiados. "Vamos fazer história. Vamos trazer uma nova era para a vida pública do México", prometeu López Obrador no comício que lotou a praça Zocalo, uma das maiores do mundo.

A esquerda nunca venceu uma eleição presidencial no México. O cargo foi mantido pelo Partido Revolucionário Institucional (PRI) durante sete décadas, até que Vicente Fox foi eleito, em 2000. López Obrador, ex-prefeito da capital mexicana, está com 2 pontos de liderança sobre o conservador Felipe Calderón, ex-ministro da Energia de Fox.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o esquerdista, as modificações que fará se for eleito serão um ponto de mudança na história mexicana, como o rompimento com a Espanha colonial, as reformas liberais de meados do século XIX e a Revolução Mexicana no início do século XX.

"Tudo o que quero é uma sociedade melhor, sem privilégios, sem mexicanos de primeira e segunda classes. Todos somos iguais", afirmou. A classe mais privilegiada do Méxicos teme que o esquerdista tire dela para dar aos pobres e acabe com a economia através de gastos exagerados em projetos de bem-estar.
A Romênia planeja retirar suas tropas do Iraque até o fim deste ano, online  afirmou hoje o primeiro-ministro Calin Tariceanu. O anúncio, relativo aos 890 soldados do país, segue-se a um similar feito pela Itália, e a outro feito pelo Japão, que já começou a retirar seus homens da coalizão chefiada pelos EUA no Iraque na semana passada.

Tariceanu disse que a missão iraquiana é muito dispendiosa para o país. Ela também é impopular entre muitos romenos. "Isso não é surpresa e foi discutido com nossos parceiros norte-americanos e britânicos", garantiu Tariceanu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A decisão de retirar os soldados do Iraque ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Supremo de Defesa e pelo parlamento.

A Romênia, que ingressou na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em 2004, juntamente com outras seis nações ex-comunistas européias, tem ainda 809 soldados no Afeganistão. O país também tem forças na Bósnia e na província sérvia de Kosovo.
Um tornado atingiu hoje uma escola de um vilarejo no leste da China. O fenômeno matou três estudantes e feriu dezenas, ask segundo a imprensa estatal.

Os alunos haviam acabado de fazer as provas de fim de semestre na escola de ensino fundamental de Zhupeng, viagra approved condado de Si, província de Anhui, quando o tornado atingiu o local, relatou a agência de notícias Xinhua.

"Duas salas de aula desabaram e houve mais de 30 feridos. Pelo menos três estudantes morreram até agora", disse a agência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Onze estudantes do ensino fundamental morreram no condado de Lingbi, em Anhui, em julho do ano passado, quando um tornado destelhou a sala de aula em que estavam.






Você pode gostar