Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Tiroteio em escola na região central da Rússia deixa 11 mortos

Um dos atiradores foi morto, aparentemente em uma ação das forças de segurança, e o outro foi detido

Ao menos 11 pessoas morreram nesta terça-feira (11) em um tiroteio em uma escola de Kazan, cidade da região central da Rússia, informaram as agências de notícias Interfax e Ria Novosti.

Um dos atiradores foi morto, aparentemente em uma ação das forças de segurança, e o outro foi detido.

“O segundo agressor que atacou a escola em Kazan e que estava entrincheirado no edifício foi morto”, declarou uma fonte das forças de segurança à agência TASS.

De acordo com os serviços de emergência citados pela agência Interfax, ao menos oito estudantes e um professor morreram no ataque.

A agência TASS informou que 10 pessoas ficaram feridas e quatro foram hospitalizadas.

“As forças de segurança prenderam um adolescente suspeito de ser o autor do tiroteio”, afirmou uma fonte policial citada pela Ria Novosti.

As imagens exibidas por emissoras de televisão mostram dezenas de pessoas do lado de fora do centro de ensino, que foi isolado por policiais e bombeiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Escutamos uma explosão dentro da escola, observamos muita fumaça”, disse uma testemunha.

“Estava na aula, ouvi uma explosão e depois tiros”, confirmou uma professora.

As medidas de segurança foram reforçadas por precaução em outras escolas da região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

© Agence France-Presse

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar