Menu
Mundo

Táxis voadores chegam ao mercado em 2025

“O que considerávamos como ficção científica se tornou, hoje, uma realidade”, disse Billy Nolen, no Salão Aeronático de Dubai.

Redação Jornal de Brasília

15/11/2023 14h09

Foto: AFP

O táxi voador demorou a se tornar realidade, mas estará “no mercado em 2025”: primeiro, nos Estados Unidos, e depois, nos Emirados Árabes Unidos e na Índia – anunciou o diretor de Segurança da Archer Aviation, Billy Nolen, nesta quarta-feira (15).

“O que considerávamos como ficção científica se tornou, hoje, uma realidade”, disse ele à AFP no Salão Aeronático de Dubai.

“Está acontecendo, é real, e vocês vão ver isso no mercado em 2025”, acrescentou.

A Administração Federal de Aviação dos EUA deve aprovar em 2025 o Midnight, da Archer Aviation, um avião elétrico para quatro passageiros com decolagem e pouso verticais.

Isto levará a uma certificação “quase simultânea” nos Emirados, segundo Nikhil Goel, diretor comercial da Archer, que tem, entre seus principais investidores, o Mubadala, um fundo soberano dos Emirados. Os voos nos Emirados devem começar em 2026.

“Esperamos que a demanda seja forte”, acrescentou Goel.

Ao mesmo tempo, começarão os voos em Nova Délhi, Mumbai e Bangalore, disse o diretor comercial, que descreveu a Índia como “um mercado muito, muito importante para nós”.

No momento, estão sendo realizados voos de teste do Midnight na na Califórnia. A empresa concorrente Joby fez seus primeiros voos experimentais em Nova York.

Os voos custariam, inicialmente, entre 4 e 5 dólares por passageiro por quilômetro, antes de serem reduzidos para metade em dois ou três anos, detalhou Goel, insistindo em sua aparência “sustentável e amiga do meio ambiente” e silenciosa.

 

© Agence France-Presse

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado