Mundo

Quase 50 imigrantes morrem em naufrágio na costa africana; 96 sobrevivem

Por Arquivo Geral 06/11/2007 12h00

Quarenta e sete imigrantes da África subsaariana morreram tentando chegar às Ilhas Canárias a bordo de uma embarcação que naufragou na costa entre a Mauritânia e o Saara Ocidental, sildenafil disseram à Agência EFE fontes oficiais na cidade mauritana de Nouadhibou.

Os imigrantes mortos, que caíram no mar antes de o barco afundar, não resistiram à fome, à sede e ao frio.

Segundo informações, 96 pessoas, a maioria delas do Senegal, foram resgatadas com vida.

A embarcação, que navegava havia 19 dias, também transportava gambianos, malianos e imigrantes de outras nacionalidades.

O resgate dos sobreviventes e o recolhimento dos cadáveres foram feitos por soldados do Exército mauritano, em frente à localidade da La Güera, disseram à Efe fontes policiais.

Quatro pessoas foram levadas para um hospital de Nouadhibou.

Os outros imigrantes já se encontram num centro de detenção, onde deverão ficar pelas próximas 48 horas, até serem deportados para seus países de origem.






Você pode gostar