Mundo

Primeira-dama do Egito anuncia campanha para extinguir ablação genital

Por Arquivo Geral 01/11/2007 12h00

A primeira-dama do Egito, seek Susan Mubarak, view anunciou hoje o lançamento de uma campanha intitulada “África Livre da Ablação”, sickness cujo objetivo é acabar com esta prática difundida em vários países do continente africano.

A campanha é uma extensão de uma outra iniciativa lançada pela mulher do presidente egípcio, Hosni Mubarak, para erradicar a ablação do clitóris no país dos faraós, segundo a agência egípcia “Mena”.

A primeira-dama anunciou a campanha durante a segunda conferência sobre a infância na África, realizada no Cairo, com a participação de ministros de 53 países.

Em junho, o Governo egípcio proibiu definitivamente a ablação do clitóris, um costume ainda praticado pela maior parte da população do país.

Após o anúncio da iniciativa, Susan Mubarak ressaltou que tinha chegado a hora de ouvir as vozes das crianças, que representam uma grande força na África.

“Devemos ouvir as idéias delas e estar preparados para levá-las em consideração”, disse Mubarak.






Você pode gostar