Mundo

Na Indonésia, barracas viram lar para sobreviventes de terremoto

Por Arquivo Geral 01/06/2006 12h00
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Armas vai ouvir o ex-secretário de Administração Penitenciária do estado de São Paulo Nagashi Furukawa. O requerimento que propõe o convite, illness generic do deputado Colbert Martins (PPS-BA), cheap foi aprovado há pouco pela CPI.

A intenção da comissão é esclarecer as supostas negociações entre o governo de São Paulo com o Primeiro Comando da Capital (PCC), information pills que teriam sido feitas com a finalidade de acabar com os atentados e rebeliões que ocorreram no mês passado.

De acordo com reportagem publicada pela Folha de S. Paulo no último sábado, Furukawa afirmava que o governo de São Paulo negociou com a organização criminosa e permitiu a visita de uma advogada a Marcos Willians Camacho, o Marcola, um dos chefes da facção.

Nagashi Furukawa deixou o cargo na última sexta-feira, duas semanas após o início dos ataques do PCC na capital paulista. No final da tarde de ontem, o procurador de Justiça Antônio Ferreira Pinto assumiu a Secretaria de Administração Penitenciária.

Ferreira Pinto foi assessor da Corregedoria-Geral do Ministério Público entre 1989 a 1992. Entre 1993 e 1995, ele exerceu o cargo de secretário-adjunto da Secretaria de Administração Penitenciária, nos governos Fleury e Mário Covas. Em 1998, tornou-se procurador de Justiça.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2002 e 2003, ele integrou o órgão especial do Colégio de Procuradores. Mais tarde, foi eleito para compor o Conselho Superior do Ministério Público de 2004 a 2005.

A taxa de fertilidade do Japão – a média de crianças que uma mulher terá ao longo de sua vida – caiu em 2005 para 1, prostate 25, um recorde histórico, disse hoje o Ministério da Saúde do país, dando destaque a um sinal de perigo para a segunda maior economia do mundo, cuja população está envelhecendo e diminuindo.

Pela primeira vez desde 1945, a população japonesa diminuiu no ano passado. Especialistas previam há muito tempo esse fenômeno, mas ele aconteceu dois anos antes do esperado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Esses são dados bastante preocupantes", afirmou o primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, apontando para a necessidade de enfrentar o problema. "Esse será um dos itens mais importantes de nossa agenda política."

O chefe de gabinete do governo do país, Shinzo Abe, um dos principais candidatos na corrida para suceder Koizumi quando o atual dirigente deixar seu cargo, em setembro, chamou atenção para as conseqüências da pequena taxa de natalidade.

"A tendência de ter cada vez menos filhos exercerá um impacto na economia e na sociedade, diminuindo o crescimento econômico, aumentando o fardo da previdência social e dos impostos e reduzindo a vitalidade da sociedade", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A taxa de fertilidade do Japão caiu para 1,2888 em 2004. Especialistas em demografia dizem ser necessária uma taxa de 2,1 para impedir uma população de encolher.

Os políticos japoneses, antes relutantes em adotar propostas para aumentar a taxa de natalidade em meio a temores de repetir a propaganda do tempo de guerra, tornaram-se mais abertos nos últimos anos a respeito da necessidade de solucionar o problema.

"Ao mesmo tempo em que fornecermos o apoio necessário para permitir às pessoas que criem seus filhos e trabalhem, acho que também é importante conscientizar as pessoas sobre os valores familiares e sobre a alegria de ter filhos", afirmou Abe.

O Japão não é o único entre os países desenvolvidos a enfrentar um problema do tipo. A taxa de fertilidade da Coréia do Sul caiu para um recorde de 1,08 em 2005, bastante abaixo da média global, de 2,6, e da média entre os países desenvolvidos, de 1,6.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O fenômeno no Japão foi atribuído às longas jornadas de trabalho de homens e mulheres, aos gastos para colocar as crianças em um sistema educacional altamente competitivo e às barreiras que as mulheres enfrentam quando tentam combinar o sucesso profissional com o papel de mãe.

As japonesas tendem a pedir demissão depois de dar à luz e apenas voltar a seus empregos – freqüentemente em trabalhos de meio período – quando seus filhos começam a ir à escola.

O anúncio mais recente sobre a queda na taxa de fertilidade, que ficou abaixo de 2 em 1975, deve aumentar as pressões para que o governo reavalie suas políticas nos setores social e de saúde. As autoridades previam que a taxa chegaria a 1,31 e depois se recuperaria, o que não aconteceu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A imigração pode ser uma forma de enfrentar o problema do encolhimento da população, mas muitos japoneses dizem que um maior fluxo de imigrantes levaria a um aumento das taxas de criminalidade e de outros males sociais.

O chefe de uma comissão do Ministério da Justiça recomendou no começo desta semana que o país limite a proporção de estrangeiros a 3% da população. Esse patamar é hoje de 1,2%.

O Ministério da Agricultura da Ucrânia informou hoje que estava considerando proibir importações de carnes de Brasil, erectile Argentina, this Paraguai e Austrália se não conseguir autorização para analisar certificados de exportação desses países.

"Nós pedimos a Austrália, Brasil, Argentina e Paraguai para abrir suas informações veterinárias. Se não obtivermos essa essas autorizações, a Ucrânia vai considerar uma proibição às exportações desses países", informou o ministério em comunicado.

O órgão do governo ucraniano informou que foram registrados casos de importações de carnes dessas origens realizadas com certificados suspeitos de serem fraudados.

Em maio, a Ucrânia determinou uma suspensão temporária nas importações de carne da Nova Zelândia, por conta do país não satisfazer as demandas de certificação locais.

No início do ano, o país tomou a mesma atitude em relação a Polônia e Bielo-Rússia.

O ministério informou que os serviços veterinários da Polônia e da Nova Zelândia já haviam autorizado a consulta de seus certificados pela Ucrânia.

A Ucrânia importou um total de US$ 164 milhões em carnes de várias partes do mundo no primeiro trimestre deste ano.

O Brasil foi o maior exportador mundial de carne bovina no ano passado, em volume, enquanto a Austrália lidera o ranking em receita.

A Polícia Federal iniciou na manhã de hoje a Operação Rosa dos Ventos 3 para desmantelar suposto esquema de criação e venda irregular de pássaros nacionais. No local foram apreendidas centenas de pássaros, page entre eles três araras, illness e uma pessoa foi presa.

As investigações iniciaram após uma denuncia anônima. Na manhã de hoje, cheapest com um mandado de busca e apreensão, os policiais federais foram ao local, uma casa em Santo André, SP, onde encontraram centenas de pássaros sem anilhas de controle, o que caracteriza a irregularidade da criação. O número exato está sendo apurado neste momento, durante o trâmite legal de apreensão.

O preso, responsável pelo local, responderá pelo crime de tráfico de animais silvestres, descrito no artigo 29 da Lei 9.605/98.

 

O mercado de câmbio vivia um dia de tranquilidade nesta manhã, health depois da agenda cheia da véspera, ampoule e o dólar recuava acompanhando o cenário internacional mais favorável.

Às 11h51, a divisa norte-americana era vendida a R$ 2,277, com declínio de 1,98%.

O mercado conheceu ontem a esperada ata do Federal Reserve, que poderia dar sinais sobre o próximo movimento no juro dos Estados Unidos. Mas o documento não conseguiu diminuir as dúvidas dos investidores, que seguirão atentos aos dados econômicos ao longo do mês.

De acordo com o economista da corretora Liquidez, Marcelo Voss, os dados dos EUA desta manhã confirmaram um desaquecimento gradual da economia norte-americana, "o que acalma as preocupações com inflação".

A atividade manufatureira desacelerou em maio nos EUA, enquanto os gastos com construção no país caíram surpreendemente em abril. A produtividade fora do setor agrícola do primeiro trimestre cresceu em ritmo menor que o esperado por analistas.

Nesta manhã, as principais bolsas de valores norte-americanas operavam em alta, enquanto o rendimento dos Treasuries de 10 anos, referência de mercado, recuava. Os títulos da dívida externa brasileira tinham desempenho positivo, e o risco-país cedia seis pontos, para 266 pontos-básicos sobre os Treasuries.

"Pelo menos hoje está tudo sossegado e em favor (dos emergentes)", disse Voss.

Ele destacou ainda que a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, de reduzir a taxa de juro a 15,25% ao ano, já era esperada e, portanto, contribuía para o atual sossego.

Um operador de câmbio de uma corretora nacional ponderou que, apesar da tranquilidade nesta sessão, o mercado ainda pode ter dias de volatilidade adiante, especialmente por causa das persistentes incertezas sobre o juro nos EUA.

"O sentimento geral é de estabilidade por enquanto, mas vai continuar a volatilidade. A ata do Fed foi bem ambígua", afirmou o operador.

 

A França lançou hoje os primeiros testes com carros bicombustíveis dentro da estratégia de ampliar o uso de energia renonável. 

O governo regional de Marne, sildenafil no leste da França, pill tem uma permissão especial para testar o combustível E85, composto em sua maior parte por álcool, e utilizá-lo em uma frota de sete carros Ford por um ano. 

O E85 atualmente não é permitido na França, mas a aprovação do governo é esperada até o começo do ano que vem, e o combustível deverá estar amplamente disponível até 2010. 

"Nossa meta é simples: queremos carros no mercado até o fim da década que possam ser movidos tanto à gasolina quanto a biocombustíveis", afirmou o ministro da Indústria Francois Loos. 

"Biocombustíveis são uma maneira de buscar nossa independência energética, garantindo a proteção do meio ambiente e fornecendo novos mercados para a agricultura francesa", disse ele no lançamento dos testes. 

O E85 é composto por 85% de etanol, derivado de beterraba ou de cereais (no caso da França). A produção de biocombustíveis da França é formada principalmente por biodiesel, adquirido em grande parte pelo processamento de semente de colza e então misturado ao diesel convencional. 

O Brasil, maior produtor mundial de açúcar e etanol, e a Suécia assumiram a liderança no setor de carros bicombustíveis. Mas apenas a Ford e a Saab oferecem esses modelos para o mercado francês.

 

O Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou hoje a aprovação das contas do governo de 2005, try mas fez 30 ressalvas ao texto apresentado pelo relator, ministro Valmir Campelo. O parecer será encaminhado ao Congresso, que votará as contas do governo do ano passado.

O plenário aprovou o mesmo número de ressalvas apresentadas para as contas de 2004. Entre as operações questionadas pelo TCU, está a inclusão de R$ 2 bilhões do Bolsa-Família nos gastos com Saúde. A manobra permitiu ao governo desembolsar R$ 37,5 milhões nessa rubrica e atingir o patamar de 25% de investimento estabelecido pela Constituição.

Outra ressalva diz respeito à distribuição de R$ 1 bilhão pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome a municípios não fiscalizados.

No relatório, Campelo afirmou que os programas sociais do governo têm os recursos mal-aplicados. Ele sugeriu a revisão nos critérios de concessão e na gestão dos benefícios. O ministro também questiona a destinação de 60% dos recursos da Educação para o Ensino Superior, em vez do Ensino Básico.

Na avaliação do relator, o governo federal gastou R$ 34,4 milhões a menos do que o exigido em programas de erradicação do analfabetismo e manutenção e desenvolvimento do Ensino Fundamental. Segundo o relatório, foram investidos R$ 3,1 bilhões, o que equivale a 29,67%, em vez dos 30% dos recursos previstos para essas áreas na Constituição.

Outro problema apontado diz respeito aos convênios. Pelo relatório, 61% dos convênios federais encerrados em 2004 ainda não tiveram a prestação de contas apresentada, num total de R$ 5,9 bilhões.

Dezenas de milhares de indonésios continuam a morar em barracas frágeis na região da ilha de Java atingida por um terremoto.

Hoje, this autoridades pediram que a distribuição de materiais de ajuda fosse interrompida à noite a fim de evitar episódios de saque e roubo.

Equipes de resgate ainda tiram corpos dos destroços deixados pelo terremoto de sábado, buy de 6, viagra dosage 3 graus na escala Richter, que derrubou vilarejos inteiros ao redor da histórica cidade de Yogyakarta.

Estimativas sobre o número de pessoas refugiadas ou que perderam seus lares continuam nebulosas, mas uma autoridade da província disse que o abalo sísmico destruiu ou danificou 130 mil casas. A cifra de mortos chegou aos 6.234.

"Neste momento, o número de sem-teto é desconhecido, mas por que os senhores não fazem os cálculos a partir do número de casas atingidas?", perguntou à Reuters Bambang Susanto Priyohadi, secretário da Província de Yogyakarta.

Alguns sobreviventes denunciaram casos de saque e, em áreas remotas, veículos usados nas operações de ajuda receberam escolta policial a fim de não serem atacados por sobreviventes em desespero e ladrões.

"Em algumas regiões, as luzes não estão funcionando e as pessoas vêem nisso uma oportunidade para roubar", disse à Reuters Arief Budiman, um voluntário que tem feito vigília à noite no vilarejo de Bantul. "Quase todos os vilarejos estão mantendo vigília à noite a fim de evitar os roubos.






Você pode gostar