Mundo

Iêmen anula acordo para construção de cinco usinas nucleares

Por Arquivo Geral 30/10/2007 12h00

O Iêmen anulou um acordo assinado em setembro com uma companhia americana para a construção de cinco usinas nucleares para produzir energia elétrica e dessalinizar água, information pills com um valor total calculado em US$ 15 bilhões.

Segundo a agência de notícias iemenita “Saba”, o Governo do Iêmen tomou a decisão após várias informações na imprensa da oposição sobre a “incapacidade” da empresa americana para realizar o projeto.

Com este acordo, assinado com a companhia Powered Corporation, o Iêmen esperava obter 5.000 megawatts, o que superaria as necessidades atuais de eletricidade do país, calculadas em 1.700 megawatts.

O ministro da Eletricidade iemenita, Mustafa Bahran, tinha anunciado em agosto que empresas multinacionais construiriam instalações nucleares para a produção de energia elétrica no Iêmen a fim de superar a crise energética que o país atravessa.

O Iêmen é o mais pobre entre os países da Península Arábica. Estima-se que só 11% dos 22 milhões de iemenitas têm acesso à eletricidade.

A capital, Sana, e várias cidade do país sofrem freqüentemente quedas de luz porque a produção das duas únicas centrais do Iêmen não supera os 900 megawatts.






Você pode gostar