Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Holanda identifica 61 casos de covid-19 entre passageiros vindos da África do Sul

Os casos foram descobertos em um grupo de cerca de 600 passageiros que chegaram ao Aeroporto Schiphol de Amsterdã

Autoridades de saúde da Holanda identificaram 61 casos de covid-19 entre passageiros vindos da África do Sul, neste sábado, 27. Agora, estão sendo realizados novos testes para identificar se algum deles está infectado com a variante Ômicron.

“Os viajantes com resultado positivo no teste serão colocados em isolamento em um hotel próximo a Schiphol”, disseram as autoridades de saúde em um comunicado.

Os casos foram descobertos em um grupo de cerca de 600 passageiros que chegaram ao Aeroporto Schiphol de Amsterdã em dois voos na sexta-feira, 26.

Os passageiros de ambos os voos foram mantidos separados dos demais viajantes e os que testaram positivo para coronavírus estão mantidos em isolamento em um hotel próximo ao aeroporto.

A Holanda proibiu todas as viagens aéreas do sul da África na manhã da sexta-feira, mas os dois voos da KLM já haviam decolado.

O ministro da Saúde, Hugo de Jonge, então, determinou que os passageiros que já estavam a caminho da Holanda fossem submetidos a testes e quarentena na chegada ao país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar