Mundo

Governador iraquiano é ferido em reduto da Al Qaeda

Por Arquivo Geral 22/06/2006 12h00

O ex-presidente iraquiano Saddam Hussein entrou em greve de fome em protesto contra o assassinato de um dos principais advogados de sua equipe de defesa, help doctor disseram hoje as Forças Armadas dos Estados Unidos. Além disso, a defesa está analisando a possibilidade de boicotar o julgamento.

Um porta-voz militar dos EUA para operações com detentos disse que Saddam deu início à greve de fome depois de tomar o café da manhã de hoje, na prisão. Segundo a fonte, assessores de Saddam que estão na mesma prisão já haviam recusado refeições ontem à noite.

"Saddam Hussein recusou sua refeição do meio-dia hoje", disse ele à Reuters. "Eles estão em boas condições de saúde e recebendo o atendimento médico adequado."

Não é a primeira vez que Saddam, de 69 anos, entra em greve de fome desde o início de seu julgamento por crimes contra a humanidade, em outubro. Ele é acusado, nesse júri, pelo assassinato de 148 xiitas em Dujail.

O advogado que lidera a defesa, Khalil al-Dulaimi, que já responsabilizou milícias xiitas pró-governo pelo assassinato do advogado Khamis al-Obaidi, ontem, afirmou que a equipe de defesa pode boicotar a próxima sessão do tribunal, prevista para o dia 10 de julho. Nessa sessão, a defesa apresentaria sua argumentação final.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Estamos deliberando sobre que posição assumir no julgamento", disse Dulaimi na Jordânia.

O assassinato de Obaidi – o terceiro advogado de defesa a ser morto em oito meses – foi mais um revés para o tribunal, que está julgando Saddam e outros sete assessores.
Dulaimi afirmou que 20 atiradores com uniformes do Ministério do Interior explodiram o portão da casa de Obaidi e invadiram a residência.

O advogado, que estava dormindo na hora da invasão, de acordo com Dulaimi, acordou e pegou um fuzil AK-47. Como os invasores tomaram sua mulher como refém, o advogado entregou a arma. Foi então levado pelos atiradores em veículos civis. Dulaimi disse ter obtido o relato da viúva do advogado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Testemunhas disseram que os atiradores despejaram o corpo numa área xiita de Bagdá, mas Dulaimi afirmou que Obaidi foi torturado e teve o corpo pendurado num poste.

Autoridades judiciais disseram hoje que esperam dar início, em agosto, a um outro julgamento contra Saddam, desta vez por genocídio contra os curdos no final da década de 1980. Os curdos e os xiitas foram as maiores vítimas do regime de Saddam.

Fontes norte-americanas ligadas ao tribunal afirmam esperar um veredicto sobre o caso de Dujail até meados de setembro. Saddam pode ser condenado à pena de morte, mas a execução poderia ser adiada por recursos e por outros julgamentos.
Um caminhão de carga vindo da cidade Alfredo Chaves, more about no Espírito Santo, sildenafil ficou entalado por cerca de duas horas, pharmacy no túnel do eixo L, que liga a 205 Sul a 105 Sul. O trânsito precisou ser desviado.

De acordo com o sargento Nascimento, do Batalhão de Trânsito do Distrito Federal, os pneus do veículo chegaram a ser esvaziados, mas a operação não teve sucesso. Segundo ele, esse tipo de ocorrência não é comum em Brasília, e geralmente acontece com motoristas que vêm de outras cidades.


“Quem é daqui sabe que não pode circular com caminhão nessa área. O motorista é de fora e não sabia disso”, afirma.


O caminho ficou retido até a chegada de um guincho do Corpo de Bombeiros, por volta de 11h30. Como não havia nenhum aviso que indicasse a altura permitida para a passagem de veículos no local, o descuido do dono do veículo não resultará em multa.


 


A presidente das Filipinas, viagra approved Gloria Macapagal Arroyo, page foi levada às pressas a um hospital particular na noite desta quinta-feira (horário local), depois de reclamar de dores abdominais no meio da festa de aniversário de seu marido, disseram autoridades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Sua condição é estável e ela está consciente", disse o chefe de gabinete presidencial, Michael Defensor, a jornalistas.

Ele disse que a presidente deve passar a noite internada e que todos os seus compromissos para amanhã foram cancelados.

Arroyo, de 59 anos, tem uma agenda ocupada e é conhecida por trabalhar muito. Mas não se sabe de nenhuma condição médica grave.

Ela deve viajar na noite de sábado para visitas oficiais a Itália e Espanha. Ela também deve se encontrar com o papa Bento 16 no Vaticano.
Um vulcão submarino com uma base maior que a área da cidade de Washington, try nos Estados Unidos, foi descoberto próximo à costa da Sicília, afirmou hoje um cientista do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A estrutura vulcânica, que incorpora picos que antes se imaginavam ser vulcões independentes, foi batizada de Empédocles, em homenagem ao grande filósofo grego que deu nome aos quatro elementos clássicos da Terra: terra, fogo, água e ar. Diz a lenda que o filósofo se atirou dentro do Etna, que também fica na Sicília.

Giovanni Lanzafame, que trabalha no instituto e comandou a pesquisa, disse que o Empédocles tem pelo menos 400 metros de altura – mais alto que a torre Eiffel.

Segundo ele, a base da estrutura tem 30 Km de comprimento e 25 Km de largura, numa área maior que a da capital norte-americana, o que o transforma no maior vulcão submerso da Itália.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas Lanzafame afirmou que os sicilianos não precisam se preocupar com o Empédocles, que está adormecido. "Não há perigo iminente de erupção", disse ele.

De acordo com Lanzafame e com outro cientista, o vulcão possui várias fumarolas, aberturas na crosta terrestre que emitem vapor e gases, como as do Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. Mas segundo eles o vulcão está praticamente inativo.

O Empédocles foi identificado durante pesquisas na ilha vulcânica submersa de Ferdinandea, próximo à costa sul da Sicília. Acreditava-se que a ilha fosse a extremidade de um pequeno vulcão, mas segundo Lanzafame ela é apenas uma parte do Empédocles.

A atividade vulcânica elevou a ilha acima do nível do mar várias vezes, e as primeiras erupções submersas foram descritas durante a primeira Guerra Púnica, em 264-241 a.C.
Seu surgimento, em 1831, provocou meses de negociações diplomáticas, já que várias nações a reivindicavam. Mas a ilha voltou a submergir e hoje está cerca de sete metros abaixo da superfície marinha.

Cesare Corselli, presidente do Consórcio interuniversitário Nacional para a Ciência Marinha, que colaborou com a pesquisa, disse que antes os centros vulcânicos eram tidos como independentes. "As pessoas achavam que havia centros pequenos de emissão, distantes uns dos outros", disse ele.

Lanzafame disse que já vinha trabalhando na teoria sobre a existência do Empédocles havia mais de um ano, antes de poder confirmá-la com novos equipamentos de pesquisa.
Uma bomba de beira de estrada feriu hoje o governador da província iraquiana onde o líder da Al Qaeda Abu Musab al-Zarqawi foi morto no início do mês, approved por um ataque aéreo norte-americano.

A polícia disse que a bomba explodiu perto do comboio do governador de Diyala, ambulance Raad al-Mowla, order na capital da província, Baquba. A explosão matou o motorista e o guarda-costas.

Zarqawi foi morto em um esconderijo próximo à cidade, no dia 7 de junho, e a Al Qaeda, que é bastante ativa na região, jurou vingar sua morte.

Mowla ia de casa para o trabalho, quando a explosão atingiu o comboio. O carro em que ele estava capotou. O governador foi levado a um hospital militar norte-americano.

O premiê iraquiano, Nuri al-Maliki, está tentando reprimir a insurgência, apoiada principalmente pela minoria sunita, dominante na época de Saddam Hussein.

As Forças Armadas dos EUA disseram que Saddam entrou em greve de fome em protesto contra o assassinato de um de seus advogados de defesa, ontem. Não é a primeira vez que o ex-presidente inicia uma greve de fome na prisão desde que seu julgamento começou, em outubro.

Ainda permaneciam confusas as informações sobre o sequestro de dezenas de trabalhadores ontem. O Ministério do Interior afirmou que 80 ou mais trabalhadores foram capturados por militantes perto de Taji, cidade violenta ao norte de Bagdá.

Cerca de 40% dos xiitas ou mulheres, foram libertados. Não se sabia o que havia acontecido com os outros trabalhadores, que eram sunitas. Mas o ministro da Indústria, responsável pela fábrica, afirmou que 64 pessoas foram capturadas e 30 libertadas.

O premiê Maliki prometeu acabar com a tensão entre xiitas e sunitas, que pode levar o país a uma guerra civil. O presidente Jalal Talabani, que é curdo, disse que um comitê aprovou o projeto de "reconciliação nacional" de Maliki, que será apresentado ao Parlamento no domingo.

Uma fonte do gabinete de Maliki disse recentemente que o governo estava analisando a possibilidade de convidar integrantes de grupos insurgentes para negociações de reconciliação nacional no mês que vem.

Como parte da iniciativa, Maliki anunciou a libertação este mês de 2,5 mil prisioneiros de cadeias administradas pelos EUA – a maioria sunitas. As Forças Armadas dos EUA disseram que 500 presos serão libertados amanhã.

Os Estados Unidos também afirmaram que cinco soldados do país foram mortos nos últimos dois dias – quatro fuzileiros navais, em dois ataques no oeste do Iraque, e um soldado na explosão de uma bomba ao sul de Bagdá.

O ministro do Comércio do Iraque ameaçou rever acordos comerciais com a Austrália, porque soldados australianos mataram um de seus seguranças por engano, na capital.

O governo australiano está tentando negociar novos acordos de venda de trigo para o Iraque, no valor de centenas de milhões de dólares.






Você pode gostar