Mundo

Explosão de carro-bomba mata 62 em mercado xiita em Bagdá

Por Arquivo Geral 01/07/2006 12h00

O procurador-geral da República, physician sales Antonio Fernando de Souza, visit web drugs solicitou hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquéritos contra 42 parlamentares suspeitos de envolvimento em desvios de recursos da saúde por meio do superfaturamento para compras de ambulâncias, desvendado pela Operação Sanguessuga, da Polícia Federal.

A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Procuradoria Geral da República. Com isso, já são 57 parlamentares suspeitos de participarem das irregularidades. Outros 15 congressistas estão sob investigação desde o início deste mês. A autorização foi concedida pelo ministro Gilmar Mendes, que foi indicado para relatar os processos no STF.

De acordo com as investigações, os parlamentares teriam participado da liberação de recursos para a compra superfaturada de ambulâncias por meio da apresentação de emendas ao Orçamento da União. A fraude teria custado 110 milhões de reais aos cofres públicos ao longo dos últimos cinco anos.

Nesta manhã, o ministro autorizou o acesso da CPI dos Sanguessugas, criada no Congresso Nacional para investigar o caso, aos dados sigilosos dos processos que já tramitam no STF.

A expectativa é que os dados cheguem até os integrantes da comissão na próxima semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Palácio do Planalto confirmou na noite de hoje a edição de medidas provisórias que reajustam os salários dos servidores públicos. Os aumentos seriam publicados nesta noite em uma edição extra do Diário Oficial da união.

Pelos números do Ministério do Planejamento, shop o aumento poderá significar um gasto de até 400 milhões de reais acima do previsto no Orçamento deste ano.

A edição de MPs sobre o tema havia sido suspensa por conta da interpretação do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, visit this site Marco Aurélio de Mello, cure de que o Executivo nas esferas federal e estadual está impedido de conceder aumentos salariais acima da inflação 180 dias antes das eleições, ou 4 de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) deu sinal verde para a edição das MPs pelo governo.

A nova tabela, segundo o governo, teria como maior remuneração o cargo de delegado da Polícia Federal, podendo chegar a 15.391 reais, que pela tabela em vigor anteriormente recebiam 11 mil reais. O menor salário, pago aos técnicos administrativos de universidades, será de 761 reais.

Após várias reuniões durante a semana, ask PT e PCdoB decidiram se unir e formar uma única chapa na disputa pelo Governo do Distrito Federal (GDF). A decisão foi anunciada às 21h30. Pela legislação, ailment o prazo para a definição das alianças termina às 23h59 de hoje.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A chapa será formada por Arlete Sampaio (PT), candidata a governadora; Gastão Ramos (PV), candidato a vice, e Agnelo Queiroz (PCdoB), candidato ao Senado. Os ocupantes das vagas de primeiro e segundo suplente de Senado serão, respectivamente Messias de Souza (PCdoB) e Ricardo Attuch (PSB).
A união terá também o PSB, partido presidido por Rodrigo Rollemberg. Ele tentará uma vaga na Câmara dos Deputados e será um dos puxadores dos votos ao lado de Geraldo Magela, Wasny de Roure e Sigmaringa Seixas, todos petistas e Fredo Ebling, do PC do B.

 

Um carro-bomba explodiu num mercado em um bairro pobre xiita em Bagdá hoje, buy matando 62 pessoas e ferindo 114, segundo fontes da polícia e do ministério do Interior iraquia no. Foi o ataque mais sangrento no Iraque nos últimos três meses.

O atentando aconteceu um dia depois de Osama bin Laden conclamar os seguidores da Al Qaeda a vingar a morte de seu líder do Iraque por soldados norte-americanos. Por volta do mesmo horário do ataque, uma integrante árabe sunita do parlamento e sete de seus guarda-costas foram sequestrados na cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a polícia, o bomba explodiu no meio da manhã quando uma patrulha policial passava ao lado do carro estacionado no mercado, no bairro de Sadr City, no leste da capital, uma área com forte presença da milícia Exército Mehdi, do clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr.

Uma multidão indignada se reuniu em volta da cena de devastação, num mercado aberto numa das ruas principais do bairro. "Que Deus amaldiçoe os sunitas", gritou um homem. "Se o governo não consegue proteger o povo, deveria entregar a segurança para o Exército Mehdi ou para o povo", disse outro aos repórteres.

Foi o pior atentado desde que as forças dos EUA mataram Abu Musab al-Zarqawi, líder da al Qaeda no Iraque, num ataque aéreo em 7 de junho. Numa gravação divulgada na Internet, Bin Laden conclamou os rebeldes a vingarem sua morte, descrevendo o jordaniano como um "leão da Jihad".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sexta-feira os Estados Unidos estabeleceram uma recompensa de US$ 5 milhões pela cabeça do sucessor de Zarqawi, Abu Ayyub al-Masri. Com o maior número de vítimas fatais desde que 70 pessoas morreram numa mesquita xiita em 7 de abril, o ataque também foi o mais sangrento desde que o primeiro-ministro xiita Nuri al-Maliki formou uma coalizão para o gover no há seis semanas.

Maliki deve fazer sua primeira viagem ao exterior neste sábado, partindo para a Arábia Saudita, terra natal de bin Laden, onde pedirá o apoio dos árabes sunitas para um plano de reconciliação nacional divulgado esta semana. O vice-premiê iraquiano, Salam al-Zo baie, reuniu-se com chefes tribais das regiões sunitas e representantes dos grupos rebeldes, afirmou um assessor do vice-premiê sunita.

 

 






Você pode gostar