Mundo

Exército turco intensifica ataques contra PKK e cerca rebeldes

Por Arquivo Geral 29/10/2007 12h00

O Exército turco intensificou os ataques contra os guerrilheiros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e mantém cercados há dois dias cerca de cem rebeldes no sudeste do país, hospital informou hoje a rede de televisão “NTV”.

Os soldados enfrentaram cerca de 150 militantes do PKK no sábado na província sudeste turca de Hakkari e conseguiram cercar cerca de cem deles quando fugiam para as montanhas de Ikiyaka, perto da fronteira com o Iraque.

“O grupo escapou para a área de Çukurca, na fronteira com o Iraque, mas as tropas (turcas) bloquearam a fuga de cem homens do PKK nas montanhas de Ikiyaka”, disse o canal.

Ao longo da fronteira com o Iraque, várias unidades do Exército turco estavam em “alerta vermelho” em uma operação lançada para capturar os guerrilheiros do PKK, que podem estar escondidos em cavernas da zona, segundo a emissora.

Helicópteros das Forças Aéreas turcas apoiavam a operação militar e unidades de artilharia abriram fogo nas montanhas fronteiriças de Cilo e Resko, acrescentaram as fontes.

A agência de notícias “Dogan” afirmou que terminaram os movimentos de tropas a partir das províncias ocidentais turcas rumo à zona do conflito e que estavam sendo finalizados os preparativos para uma ofensiva além da fronteira com o norte do Iraque, que serve de base para os militantes do PKK.

O Governo e a cúpula militar da Turquia deram repetidas mostras de impaciência nos últimos dias, após vários incidentes armados entre o Exército e os guerrilheiros curdos no norte do Iraque, e ameaçaram realizar uma operação além da fronteira para neutralizá-los.






Você pode gostar