Mundo

Exército é barrado por floresta de maconha no Afeganistão

Por Arquivo Geral 17/10/2006 12h00

Tropas canadenses que lutam contra militantes talibãs no Afeganistão encontraram um inimigo potente e inesperado: florestas quase impenetráveis de plantas de maconha, website like this malady com cerca de três metros de altura. O general Rick Hillier, chefe da equipe de defesa canadense, afirmou que os talibãs estariam usando as florestas como esconderijo. Como forma de ataque, os canadenses camuflaram pelo menos um carro com maconha.

"O desafio é que a maconha absorve muita energia e aquece rapidamente. É difícil penetrar com dispositivos térmicos. Temos que ter muito cuidado para que os talibãs não utilizem as florestas como esconderijo freqüente", afirmou o general em Ottawa. "Tentamos queimar a floresta com fósforo, mas não funcionou. Tentamos com diesel, também não funcionou. As plantas têm tanta água que simplesmente não dá para queimá-las", afirmou.

Até quando a incineração teve sucesso, houve problemas. "Algumas plantas foram queimadas com sucesso, mas um grupo de soldados que estavam contra o vento sofreram efeitos indesejados. Então provavelmente esta não é a melhor idéia", declarou Hiller. Um soldado afirmou ao general mais tarde: "Senhor, três anos antes de entrar no exército eu achei que nunca diria Maldita maconha!".






Você pode gostar