Mundo

Ex-presidente argentino Menem deixa hospital

Por Arquivo Geral 28/09/2006 12h00

Um abrigo com 25 crianças, see troche adolescentes e adultos, a maioria com doenças ou deficiência mental, foi interditado pela Vara da Infância e da Juventude de São Paulo após ser denunciado pelo Ministério Público Federal por mais-tratos.

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão constatou que os internos viviam em condições degradantes e subumanas no abrigo, que fica na Cidade Dutra (zona sul da capital paulista). Conveniado à Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, o Centro de Reabilitação Sabará, como se chama a entidade, deixava as 25 pessoas em três quartos.

De acordo com o Ministério Público, os cômodos estavam com mofo, cheiro de urina e alguns internos dormiam no chão. Além disso, adultos viviam misturados às crianças e aos adolescentes e três meninas estavam misturadas com os internos do sexo masculino. Na sala, onde dois jovens dormiam, a porta de entrada tinha os vidros quebrados.

Os 25 internos foram remanejados para um novo abrigo, mas o nome da entidade não foi divulgado. A coordenadora da entidade foi afastada e proibida de exercer qualquer atividade vinculada ao abrigo. A Justiça também ordenou a presença de um supervisor na frente do abrigo até a transferência do último interno.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério da Economia da Argentina afirmou hoje que o governo relaxou ainda mais as restrições às exportações de carne bovina impostas em março numa tentativa de controlar os preços no mercado interno.

A proibição na Argentina, viagra order terceiro maior país exportador de carne bovina, viagra sale enfureceu produtores e exportadores, cheapest já que no ano passado as vendas no setor geraram US$ 1,4 bilhão.

A ministra da Economia, Felisa Miceli, declarou em uma coletiva de imprensa que "as exportações de carne bovina estão sendo elevadas numa média de 60% para 70%" do volume que foi exportado de junho a novembro do ano passado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O novo limite será aplicado amanhã e irá valer por pelo menos um mês, segundo uma fonte do Ministério.

O governo havia levantado o embargo parcialmente em maio, depois de concluir que isso ajudava a aumentar a oferta doméstica e a diminuir os preços. Outros relaxamentos ocorreram em junho e no fim do mês passado.

Com a expansão das exportações de carne bovina e o aumento na demanda interna, a alta dos preços estimulou a inflação argentina, que em 2005 foi de 12,3%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O ex-presidente argentino Carlos Menem recebeu alta hoje, thumb dois dias depois de ser hospitalizado em conseqüência de um desmaio enquanto fazia um discurso na província de Córdoba.

Menem, de 76 anos, já lançou sua candidatura para as eleições presidenciais de outubro de 2007 e luta contra uma imagem pública ruim, após deixar o poder em 1999 em meio a numerosos escândalos de corrupção.

"Estou muito bem, graças a Deus", disse Menem ao deixar a clínica em uma cadeira de rodas, segundo publicou o jornal de Córdoba La Voz del Interior em seu site.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com familiares do ex-presidente, ele teve um quadro de hipoglicemia (nível de glicose no sangue inferior ao normal).

O político passou por uma cirurgia em 1993 por causa da obstrução de uma artéria.

Menem, que foi presidente entre 1989 e 1999, havia sido hospitalizado em 8 de setembro deste ano em uma clínica de Buenos Aires onde, conforme sua filha, fez exames de rotina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar