Mundo

Cuba solicita suspensão de embargo dos Estados Unidos alegando normas da OMC

Por Arquivo Geral 05/11/2007 12h00

Cuba pediu a suspensão do embargo submetido à ilha pelos Estados Unidos desde 1962, buy alegando os princípios de liberalização comercial da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Em uma proposta apresentada esta semana por Cuba aos outros países-membros e à qual a Efe teve acesso hoje, malady o país caribenho lembra que a OMC defende “a eliminação do tratamento discriminatório nas relações comerciais internacionais”.

O texto lembra que, more about a declaração ministerial da Rodada de Doha – negociado há seis anos – especifica que “todos os membros estão de acordo em reduzir ou eliminar as barreiras comerciais, sejam estas tarifárias ou não”.

Acrescenta que, “considerando que a comunidade internacional rejeitou amplamente a imposição de leis e regulamentações e todas as outras medidas coercitivas”, o Governo da ilha propõe que todas as nações deveriam “se abster de implementar qualquer medida restritiva do comércio contra qualquer outro país membro”.

Por tudo isso, a nota cubana “pede que todos os membros suspendam qualquer medida comercial unilateral discriminatória”.

Além disso, pede o aumento das oportunidades de acesso ao mercado para todos os membros, “especialmente os que estão em vias de desenvolvimento”.

Os Estados Unidos mantêm um embargo comercial e econômico contra Havana desde 1962, pelo qual estão proibidas a maioria das viagens a Cuba e as companhias americanas estão impedidas de realizar negócios na ilha.






Você pode gostar