Mundo

Chávez nomeia novo ministro da Defesa

Por Arquivo Geral 07/07/2007 12h00

O presidente venezuelano, viagra Hugo Chávez, designou o atual comandante da Reserva e Mobilização Nacional, general Gustavo Reyes Rangel Briceño, como novo ministro da Defesa.

O militar substituirá o general Raúl Isaias Baduel, que assumiu o Ministério da Defesa em julho de 2006 e se afastou do cargo na sexta-feira por ter cumprido o tempo de serviço regulamentar, num ato oficial liderado pelo governante socialista venezuelano.

O novo ministro da Defesa foi nomeado por Chávez general-em-chefe, tornando-se o quarto militar na história venezuelana a chegar à patente máxima. Baduel confirmou hoje que será substituído pelo atual comandante da Reserva.

Ele disse que o presidente Chávez o avisou na sexta-feira à noite da decisão de substituí-lo na pasta da Defesa, informou um comunicado oficial.

Chávez “só” informou que o general Rangel Briceño foi escolhido como novo titular da Defesa, disse Baduel, que espera “instruções do presidente sobre as designações dos novos integrantes do Alto Comando Militar”.

“Não tenho informações sobre quando podem ser anunciadas (as nomeações do Alto Comando). O senhor presidente está revisando essa questão e disse que oportunamente me comunicará de suas decisões”, declarou Baduel, de acordo com o comunicado do Ministério da Defesa.






Você pode gostar



Mundo

Chávez nomeia novo ministro da Defesa

Por Arquivo Geral 24/06/2006 12h00

O papa Bento XVI retornará à sua terra natal, drug approved Alemanha, approved a partir de 9 de setembro e deve ficar no país até o dia 14 para visitar o sudeste de Baviera, capsule região onde o pontífice cresceu, informou o Vaticano em nota hoje.

A viagem para a Alemanha, a segunda de Bento XVI desde que assumiu o pontificado em abril do ano passado, inclui paradas em Munique, Regensburg e Altoetting, segundo o Vaticano.

Em agosto de 2005, ele participou do "Dia Mundial da Juventude" no oeste da cidade de Colônia.

O papa, então conhecido como Joseph Ratzinger, estudou na Universidade de Munique antes de ser ordenado como padre e, mais tarde, tornar-se arcebispo de Munique. Seu irmão mais velho, Georg, ainda vive em Regensburg, lugar onde Ratzinger lecionou teologia.

Altoetting, localiza-se perto da pequena cidade de Marktl-am-Inn, onde Bento XVI, 79 anos, nasceu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu hoje a candidatura à reeleição, page na convenção nacional do PT, pill com um discurso em que prometeu dar "prioridade aos mais mais pobres", combinando ao "desenvolvimento econômico com distribuição de renda", e apoio a uma reforma política.

"Hoje estou aqui para dizer a vocês que o sonho não acabou e a esperança não morreu", disse o presidente a cerca de 3 mil convencionais e convidados do PT, entre os quais cinco pessoas escolhidas entre beneficiários de programas sociais do governo.

"Decidi submeter humildemente meu nome e meu governo ao julgamento dos brasileiros", afirmou o presidente, num discurso de uma hora e meia, ao fim do qual foi aclamado pelos convencionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Favorito em todas as pesquisas, que indicam sua reeleição no primeiro turno, Lula disse que a eleição não está decidida. "Não tem já ganhou, não tem eleição garantida no primeiro turno", advertiu o presidente aos petistas.

Lula apresentou o vice-presidente José Alencar como companheiro de chapa, mais uma vez, e recebeu apoio não oficial do PCdoB (que deve se coligar nacionalmente ao PT), do PSB e de dirigentes do PMDB, além do PTB.

Lula admitiu que seu primeiro governo teve erros, mas, sem se referir diretamente ao mensalão, disse que os escândalos só foram conhecidos porque ele "combateu e puniu a corrupção como nenhum outro". "Vamos enfrentar ódios, preconceitos e inveja, companheiro José Alencar", disse Lula ao anunciar o vice. "E vamos demonstrar paz, humildade e muito amor ao povo brasileiro."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No discurso oficial, que ele leu pela primeira vez na tela de cristal de um moderno teleprompter, Lula prometeu continuidade do processo de mudanças e não apresentou nenhum novo projeto para o segundo mandato, nem mesmo sobre problemas que destacou no discurso, como reforma agrária, reforma urbana e segurança pública.

Diferentemente da convenção de 2002, o lançamento da candidatura Lula à reeleição dispensou efeitos especiais e o glamour típico das produções para a TV. Os grandes painéis, reproduzindo dados das pesquisas de intenção de voto, diziam: "Lula de novo, com a força do povo."

Lula prometeu continuar honrando os contratos e compromissos internos e manter os fundamentos da política econômica.

"Mas nosso compromisso mais especial continuar á sendo com o povo brasileiro", ressaltou. "A síntese de nosso possível segundo governo será a distribuição de renda para que haja crescimento acelerado com a estabilidade e responsabilidade fiscal", prometeu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula disse que a reforma política, especialmente a fidelidade partidária, "é fundamental para as demais reformas" e defendeu a redução de "desperdícios na máquina pública, especialmente na Previdência Social".

Lula criticou a oposição e o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), sem citá-lo diretamente. Ele disse que herdou "o Brasil à beira da falência" e conseguiu recuperar a economia e a credibilidade interna e externa do País.

"As vozes do passado estão de volta e, como não têm uma boa obra no passado e nem propostas para o futuro, fazem da agressão e da calúnia suas principais armas", disse Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na última semana, em programas partidários de televisão, PFL e PPS, aliados do candidato presidencial do PSDB, Geraldo Alckmin, recordaram o escândalo que levou a Procuradoria-Geral da República a denunciar 40 pessoas por corrupção, incluindo o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino.

"Nas praças e nas fábricas o povo está dizendo que não os quer de volta, mas eles nunca escutaram a voz do povo", disse Lula, acusando o governo tucano de ter "promovido o sucateamento da infra-estruturas do País, o desemprego e a queda da auto-estima dos brasileiros".

"Por mais que nos provoquem não usaremos os mesmos métodos, pois temos armas limpas e poderosas", prosseguiu, antes de fazer comparações com o governo anterior favoráveis ao atual, na economia, na geração de empregos e na área social.

Lula mencionou, entre outros programas, o crédito para a agricultura familiar, o ProUni (bolsas de estudos em faculdades particulares), o Luz Para Todos (eletrificação rural), e o Bolsa Família, para prometer que aumentará os investimentos sociais. "Não estamos dando esmola, estamos transferindo renda", disse Lula.

O  presidente advertiu o PT para a necessidade de "conviver com a divergência", e defendeu o partido e o governo das acusações de corrupção sistêmica.

"Nunca enfrentamos uma crise como a que se abateu sobre nós ao longo do ano passado", disse Lula. "Nossos adversários tentaram se aproveitar de algumas situações para passar a falsa idéia de que nosso governo compactuava com atos ilícitos", disse Lula.

"Mas a sociedade entendeu o que se passou e sabe que, se determinados fatos afloraram, foi porque este governo foi o que mais apurou e puniu a corrupção em toda a história", afirmou.

Lula admitiu ter cometido erros no primeiro mandato, por inexperiência e por dificuldades políticas, mas prometeu "corrigir o que está errado e melhorar o está dando certo" em um segundo mandato.

"Se com a inexperiência que tínhamos e a tormenta política que enfrentamos, conseguimos recuperar o Brasil, imaginem o que não poderemos fazer com mais experiência e pleno conhecimento da máquina?" indagou.

"Não quero posar de vítima ou de herói, quero apenas honrar a confiança do povo brasileiro, terminar meu governo em paz e, se os brasileiros quiserem, continuar aprofundando o processo de mudanças", afirmou Lula. "Quero fazer um governo que amplie o compromisso com os pobres, pois o melhor caminho para servir melhor a todos é atender primeiro os que mais necessitam", conclui o presidente.

O ministro da Fazenda, more about Guido Mantega, afirmou hoje que a política econômica do governo Lula, se reeleito, permanecerá com os mesmos fundamentos, mas admitiu que a tônica pode mudar.

"A política econômica foi bem-sucedida no primeiro mandato, e vai continuar no segundo. Só se muda o time que está perdendo", afirmou o ministro a jornalistas ao deixar a convenção do PT que formalizou a candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa por um segundo mandato.

Ele argumentou que os fundamentos da economia usados na administração petista revelaram-se eficientes para conduzir o Brasil para um novo ciclo de desenvolvimento, mas adiantou que o tom dessa política pode mudar.

"É claro que você vai mudar a tônica, a ênfase. A ênfase será o crescimento econômico. No primeiro mandato, era o equilíbrio fiscal, o monetário e o combate à inflação."
Mantega reafirmou o controle da inflação e garantiu que não há necessidade "de se descabelar" para contê-la.

"É só manter. A situação também está numa condição satisfatória."

O ministro afirmou que uma das principais metas num próximo governo é elevar o nível de investimento no setor público para viabilizar um crescimento maior da economia.

Presente na comemoração petista, ele garantiu que, como administrador da Fazenda, não estará participando de palanques eleitorais.

A economia da China crescerá 10% no segundo trimestre e em 2006, website like this apesar de medidas para refrear seu rápido crescimento, disse hoje o presidente do banco central chinês, Zhou Xiaochuan.

Falando a repórteres em um intervalo da reunião anual de bancos centrais no Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) em Basiléia, Zhou disse: "Eu acredito que para o ano inteiro seja algo em torno de 10%".

O diretor do BC chin ês disse que o crescimento econômico no segundo trimestre deve ser também "provavelmente bem alto", acima de 10%.

Zhou lembrou que o banco central elevou as taxas de juro em abril: "A tendência é de gradual aperto."

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou, advice nesta tarde, dosage a candidatura da senadora Heloísa Helena (AL) à Presidência da República. Também foi aprovado o nome do economista carioca Cesar Benjamim com vice. Eleita senadora pelo PT, there Heloísa foi aceita por aclamação pelas 600 pessoas presentes à conveção. O PSOL terá o apoio do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e do Partido Socialista dos Trabalhadores Unidos (PSTU).

Heloísa Helena fez um discurso emocinado e admitiu que a sua campanha deve enfrentar dificuldades financeiras. Mas afirmou que o partido não aceitará doação de empresários. "É uma questão de coerência com o que defendemos na reforma política, de que não tivesse financiamento de setores empresariais. Assim sendo, as nossas contribuições serão de pessoas físicas que se identificam com a nossa alternativa", disse em entrevista à imprensa.

Heloísa disse que sua campanha será uma "alternativa concreta para o Brasil de desenvolvimento econômico com inclusão social". A senadora se disse esperançosa de que poderá chegar ao segundo turno da disputa eleitoral. "Estou abrindo mão de oito anos de segurança financeira e política de um mandato de senadora justamente porque acredito nas propostas concretas que estamos apresentando para o Brasil", afirmou.

 

A Varig manteve estável o número de vôos cancelados ontem, prostate em relação aos últimos dias, information pills no mercado doméstico. Mas voltou a operar para Miami e Nova York, nos Estados Unidos. A constatação foi discutida em reuniões realizadas ontem no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), dando continuidade aos trabalhos da comissão que acompanha a situação dos passageiros dos vôos da Varig no Brasil e no exterior.

De acordo com nota distribuída pela Anac, até o final da noite de hoje 1.044 passageiros da Varig que estão em países da América do Sul (Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai, Bolívia e Uruguai) retornarão ao Brasil.

Da América do Norte (Miami, Nova York e Cidade do México), outros 380 brasileiros embarcarão com destino ao Brasil, enquanto da Europa (Alemanha, Inglaterra e Espanha) retornarão mais 1.255. Da Alemanha, que sedia a Copa do Mundo de futebol, regressarão 771 brasileiros, também segundo informações do colegiado da Anac.

Os passageiros estão sendo atendidos caso a caso e a agência informa ainda que tem atuado na negociação para que outras empresas aéreas aceitem os usuários da Varig, em vôos nacionais e internacionais.

 

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está avaliando a proposta de implementar, clinic em todos os estados, cialis 40mg a execução penal provisória. Isso permitiria que uma grande quantidade de presos fosse beneficiada com liberdade provisória, por exemplo.

A informação é do juiz Eduardo Francisco Marcondes, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Segundo ele, a proposta apresentada ao Conselho no último dia 19 beneficiaria grande parte da população carcerária brasileira, ou seja, presos que já foram condenados mas recorreram.

"Esses recursos estão pendentes de julgamento e, na prática, alguns presos já estão cumprindo a pena. Eles têm direitos que precisam ser respeitado", diz o juiz, que cita como exemplo casos de pessoas condenadas criminalmente, que já estão cumprindo a pena, mas que não concordam com a condenação . "Pode até ser que a pena dela termine antes que o recurso seja julgado", explica.

De acordo com ele, a execução penal provisória garantiria direitos como a liberdade provisória, mesmo que o recurso pedido por ela ainda não tenha sido julgado. "Isso ajuda a preservar direitos das pessoas, pacificar a situação dentro dos presídios e, de certa maneira, aumentar o controle do Estado sobre a população carcerária".

O estado de São Paulo já adota a execução penal provisória por decisão do Tribunal de Justiça, com base em um pedido formulado pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e pela Associação de Juízes para a Democracia. De acordo com o juiz Marcondes, as entidades fizeram um pedido conjunto fundamentado, principalmente, na preservação dos direitos humanos e no respeito ao cidadão em geral.

Para o juiz, a proposta de execução penal provisória e a criação de um banco de dados nacional, que está reunindo informações sobre o sistema penitenciário brasileiro, darão mais transparência às ações penais: "Esse trabalho visa a dar publicidade a essa questão do cumprimento das penas e melhora muito o controle dessa execução. Em pouquíssimo tempo vamos começar a sentir os resultados positivos".

 

O ministro das Relações Exteriores, page Celso Amorim, viagra sale confirmou hoje a vinda ao Brasil, generic na próxima quinta-feira, do ministro das Comunicações do Japão, Heizo Takenaka, para assinar o acordo de uso do padrão japonês de TV digital no Brasil.

"É uma negociação importante, porque estabelece não só a adoção de um padrão como uma parceria tecnológica e até a perspectiva de uma parceria industrial. As coisas estão caminhando nesse sentido", disse Amorim.

O chanceler brasileiro ressaltou que não cabe a ele fazer o anúncio da nova tecnologia, mas que houve a negociação das melhores condições possíveis, dentro de um padrão que, segundo ele, já havia sido julgado o mais adequado. "Eu brincava, no Japão, ao afirmar que temos três noivas: uma é um pouquinho mais bonita que a outra, vamos olhar agora os dotes. Aparentemente, o dote veio", acrescentou.

Amorim participa, em Montevidéu, de encontros com o presidente Tabaré Vasquez, empresários e autoridades do país, com o objetivo de negociar melhores condições para o Uruguai no Mercosul. O retorno do ministro ao Brasil está previsto para este sábado.

 

Cerca de 200 companhias de aviação no exterior estão aceitando bilhetes da Varig, viagra 40mg que voltou a voar para Nova York (EUA). De acordo com nota divulgada pela empresa brasileira, troche apenas nove vôos foram cancelados ontem, medications dois deles por condições climáticas adversas.

"A nosso pedido, os passageiros continuam sendo embarcados no exterior pelas companhias, dependendo dos lugares disponíveis em seus vôos", afirma a nota. A Varig informa que a suspensão temporária imposta pela Clearing House, uma câmara de compensação da International Air Transport Association (Iata), não tem impedido a aceitação dos bilhetes dos passageiros nas companhias aéreas afiliadas. Nessa câmara de compensação as empresas aéreas fazem encontro de contas pela venda de bilheres.

As 18 empresas que integram outra associação, a Star Alliance, como a TAP, a United Airlines e a Lufthansa, também endossam as passagens, segundo a nota. E das mais de 200 companhias estrangeiras filiadas à Iata, somente 11 comunicaram que não aceitariam o embarque de passageiros portadores de bilhetes da empresa brasileira, entre elas a Delta (Estados Unidos), a Alitália (Itália) e a JAL (Japão).

De acordo com a assessoria de imprensa da Varig, a suspensão imposta pela Iata poderá ser revertida assim que a empresa saldar seu débito. Por exigência da Iata, no entanto, a Varig ainda mantém um seguro depositado na câmara de compensação, no valor de US$ 24 milhões, para cobrir eventuais pagamentos.
 

Entidades representativas da sociedade civil que acompanham a escolha do padrão de TV digital a ser adotado no Brasil defendem um debate mais profundo, this web entre o governo e a sociedade, cheapest e demonstraram preocupação com a possibilidade de o sistema escolhido ser o japonês.

Ontem, o ministro das Comunicações informou que foi fechado acordo técnico com o Japão, mas que a decisão final só será anunciada na próxima semana pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após reunião com representantes do sistema japonês.

O secretário executivo do Fórum Nacional Democrático pela Comunicação, James Gorden, afirmou que a entidade tem dúvidas se o padrão japonês é o melhor para o país, para a indústria nacional e também para a questão cultural. Segundo Gorden, é "complicado" tomar uma decisão dessa sem ouvir a sociedade: "Com esse padrão, a transmissão dos sinais digitais é controlada pelas emissoras. E isso é um perigo, quando se trata da livre circulação de idéias e de pensamentos, já que o conteúdo apresentado pode ser modificado após a instalação do sistema", destacou Gorden.

Para Rogério Thomaz, integrante da organização não-governamental Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social), a escolha do padrão digital a ser adotado no país precisa ser mais discutida, antes de ser anunciada. "Esse assunto precisa ser mais analisado com as entidades civis. Estamos definindo um padrão tecnológico que vai mudar a relação de toda a sociedade brasileira com o seu principal meio de comunicação, que é a televisão, presente em 97% dos lares brasileiro", afirmou Thomaz.

De acordo com a assessoria de Imprensa do Ministério das Comunicações, o acordo técnico assinado com o Japão prevê a inclusão das inovações pesquisadas por cientistas brasileiros no padrão japonês. Em função dessa incorporação, o padrão de TV digital já está sendo chamado de nipo-brasileiro e, conforme acrescentou a assessoria, o governo planeja assegurar a gratuidade da TV aberta em padrão digital para toda a população brasileira, a fim de ampliar a indústria e estimular a tecnologia nacional.
 

Quatorze sauditas sob custódia dos Estados Unidos na prisão de Guantânamo, check para estrangeiros suspeitos de terrorismo, cialis 40mg foram enviados para seu país, view informou hoje o Pentágono.

A última repatriação liberou cerca de 120 detentos que os Estados Unidos determinaram como elegíveis para serem "transferidos ou libertos", de um total de cerca de 450 presos. "A saída desses detentos aprovados para transferência ou liberação está sujeita a discussões no processo entre os Estados Unidos e outras nações", disse o Pentágono em comunicado.

Muitos dos homens mantidos na prisão de Guantânamo, Cuba, foram capturados no Afeganistão durante a guerra conduzida pelos Estados Unidos para derrubar o talibã depois dos ataques de 11 de setembro. Muitos permaneceram presos por anos e quase todos são mantidos presos sem acusação formal.

O comunicado do Pentágono informou ainda que a última transferência acumulou para cerca de 310 o número de presos libertos de Guantânamo. Um oficial do Afeganistão disse em junho que todos os 96 afegãos presos devem retornar em breve para o seu país.

A crítica internacional sobre o tratamento dos Estados Unidos com os prisioneiros cresceu muito depois que três homens cometeram suicídio.

O presidente norte-americano, George W. Bush, disse que gostaria de fechar a prisão, mas era importante esclarecer primeiramente como os presos foram tratados.
O presidente da Venezuela, order Hugo Chávez, for sale anunciou hoje que o comandante do Exército general Raul Baduel, que o ajudou a retornar ao poder em 2002, será o próximo ministro da Defesa do país.

Não ficou claro quando Baduel irá assumir o posto.

Chávez, um ex-militar que prometeu uma revolução socialista no quinto maior exportador de petróleo do mundo, tem liderado um movimento para fortalecer as Forças Armadas venezuelanas com a compra de armas que os Estados Unidos têm classificado como uma "farra de compras" militares.

"Anuncio a promoção do general Baduel (…) ele será o próximo ministro da Defesa", disse Chávez durante uma parada militar. Ele não especificou o que irá ocorrer com o atual ministro da Defesa, almirante Orlando Maniglia.
 






Você pode gostar