Mundo

Brasil assina acordos de ajuda ao Haiti

Por Arquivo Geral 24/05/2006 12h00

O ministro das Relações Exteriores, dosage more about Celso Amorim, assinou ontem acordos de cooperação com a Argentina, o Canadá, a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Banco Mundial (Bird), ao final da Reunião Internacional de Alto Nível sobre o Haiti. Os acordos são nas áreas de segurança alimentar, agricultura, saúde e esportes.

Participaram da reunião 16 países e 11 organizações internacionais, com o objetivo de rever, ampliar e estender o quadro de cooperação, inclusive financeira, para o Haiti.

Amorim ressaltou o fato de a reunião ser a primeira realizada após a eleição do novo governo haitiano. E disse que há uma mudança de cultura em relação à ajuda para o desenvolvimento de países. "Normalmente, uma conferência de doadores acontece nos países ricos, porque eles são os que têm mais recursos para doar. Mas de alguma forma o envolvimento profundo de muitos paises da América Latina e do Caribe nesse processo demonstra que não é preciso ser rico paras ser solidário", afirmou.

As tropas brasileiras, segundo o ministro, permanecerão no Haiti até que o governo do presidente René Préval esteja fortalecido. O Brasil foi o primeiro país a enviar tropas para integrar a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), a Minustah.

O embaixador Rui Nogueira, um dos coordenadores da reunião, informou que dos US$ 2 bilhões que a comunidade internacional ofereceu ao Haiti, mais de US$ 900 milhões já foram doados. De acordo com ele, uma nova conferência de doadores será realizada na segunda quinzena de julho em Porto Príncipe, capital haitiana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar