Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Projetos sociais: o que são e como as campanhas de crowdfunding podem ajudar

Os projetos sociais surgiram na sociedade com o objetivo de unir forças para mudar a realidade de uma comunidade ou de um grupo de pessoas, especialmente daqueles que carecem de suporte para a garantia de seus direitos. Uma ação que começa de maneira tímida pode gerar melhorias para muitas pessoas. 

Por isso, nos dias atuais, uma das principais fontes de trabalho humanitário vem do trabalho desenvolvido por projetos sociais, normalmente colocados em prática por Organizações não Governamentais (ONGs). 

Elas atuam não somente com ações humanitárias, mas também estão presentes na causa animal, realizando o resgate de cães e gatos abandonados e posteriormente viabilizando futuras adoções. 

Para que esses projetos sejam colocados em prática, é necessário um fundo de recursos para arcar com inúmeras despesas: meio de transporte, compra de materiais, equipamentos e muitos outros. 

Nesse contexto, o crowdfunding (na tradução literal, significa financiamento pela multidão ) tem um papel fundamental na arrecadação de recursos para essas iniciativas. Entenda esse papel conosco! 

O papel do Crowdfunding no Terceiro Setor

Na definição mais geral, o crowdfunding é um financiamento coletivo realizado com o objetivo de tornar uma ideia realidade — na prática, ocorre quando um determinado número de pessoas acredita em um projeto e investe dinheiro para que ele se realize. Para o Terceiro Setor, o crowdfunding desempenha um papel fundamental. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

<h3>Recursos para viabilizar ações humanitárias</h3>

Ao longo dos anos, os projetos sociais têm se mostrado necessários para garantir que comunidades ou grupos de pessoas tenham suporte quanto à assistência e garantia de direitos, tanto na área social, esportiva e até relacionadas ao mercado de trabalho. 

À vista disso, o crowdfunding permite que as organizações arrecadem recursos (através de vaquinhas virtuais, por exemplo), sem restrição quanto ao período que as contribuições devem durar. Para projetos que necessitam de fundos constantes, é um ótimo meio de continuar atuando na assistência a essas pessoas. 

Recursos para custear abrigos e tratamento de animais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As ONGs também desempenham um dever importante quanto à proteção e resgate de animais em situação de risco nas ruas, oferecendo toda a segurança e proteção que eles precisam até serem adotados por pessoas dispostas a dar uma boa vida a esses animais. 

São projetos que operam totalmente com o dinheiro de doações de vaquinhas e de eventos beneficentes. Aqui, o crowdfunding atua na captação de recursos financeiros para custear a manutenção de abrigos, além do tratamento de animais (como vacinas, remédios, etc).   

Quais são os tipos de financiamento?

A partir do trabalho de crowdfunding, é possível trabalhar com alguns tipos de financiamento para o projeto. Um deles é o financiamento contínuo, ou seja, não possui data para encerrar. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aqui, as doações ocorrem todo mês — muito importante para projetos que necessitam de fundos constantes, como mencionado anteriormente. Outro tipo é o financiamento pontual, de modo que a doação é cobrada uma única vez do doador. 

Nesse cenário, o crowdfunding se mostra essencial para garantir que os projetos continuem agindo e mudando a realidade de diversas pessoas ao redor do país e do mundo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Você pode gostar