Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Inadimplência das micro e pequenas empresas cai 0,9% em agosto

Para o economista Luiz Rabi a disponibilização de linhas de crédito para micro e pequenas empresas negociarem suas dívidas impactou o índice

Por FolhaPress 28/09/2021 6h47
Feira do Guara sofre com a falta de abastecimento de agua. Segundo a Associacao de Comerciantes e Varejistas do local, por inadimplencia de metade dos comerciantes, nao houve acordo com a CAESB e tiveram de contratar caminhoes pipa para suprir as necessidades hidraulicas dos banheiros e para limpeza da localidade. Guara. 25-07-2019. Foto: Vitor Mendonca/Jornal de Brasilia

SÃO PAULO, SP

Em agosto, a inadimplência das micro e pequenas empresas teve uma retração de 0,9%, na comparação com o mês anterior. No período, ocorreram 5,33 milhões de negócios desse porte com o nome no vermelho. A informação é da Serasa Experian.

Para o economista da Serasa Experian Luiz Rabi a disponibilização de linhas de crédito para micro e pequenas empresas negociarem suas dívidas, a partir de julho deste ano, impactou favoravelmente no índice. As informações são da Agência Brasil.

“Os donos de negócios estão em busca de auxílio para lidar com suas pendências financeiras. Por isso, o recuo observado não reflete uma melhora para as empresas, mas sim um alívio temporário, já que os empreendedores ainda devem encontrar muitos desafios diante ao quadro econômico do país”, disse Rabi.

Considerando-se os negócios de micro, pequeno, médio e grande porte, foram registrados 5,83 milhões de empresas insolventes em agosto, ante 5,87 milhões em julho. A maior parcela de empresas negativadas é do setor de serviço (51,2%), seguido pelo comércio (38,7%) e indústria (8,0%).








Você pode gostar