Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 15/01/2010 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), afetada novamente pela queda dos preços das matérias-primas, abriu hoje com tendência de baixa e, após cinco minutos de negociações, caía 0,67%, para 69.331 pontos.

O Ibovespa operava 470 pontos abaixo dos 69.801 do fechamento da quinta-feira, quando caíra 0,83%, devido ao mau desempenho da Petrobras e da Vale.

No mercado de câmbio, o real abriu com queda de 0,51% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,774.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as ordinárias da JBS (-2,83%) e da PDG Realty (-2,63%), e sas preferenciais da Telemar (-2,68%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 310,8 milhões, em 22.681 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 14/01/2010 12h00


O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), afetada pela queda das matérias-primas nos mercados internacionais, abriu hoje com tendência de baixa e, após cinco minutos de negociações, caía 0,14%, para 70.288 pontos.

O Ibovespa operava 97 pontos abaixo dos 70.385 do fechamento da quarta-feira, quando subira 0,44%, graças, principalmente, ao bom desempenho dos papéis da Vale.

No mercado de câmbio, o real abriu com queda de 0,51% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,769.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje, após 15 minutos de negociações, eram as preferenciais da Copel (-1,44%), e as ordinárias da TIM Participações (-1,34%) e da Sabesp (-1,29%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 547,4 milhões, em 16.126 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 12/01/2010 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), abriu hoje com tendência de baixa e, após cinco minutos de negociações, caía 0,94%, para 69.773 pontos.


O Ibovespa operava 660 pontos abaixo dos 70.433 do fechamento da segunda-feira, quando subira 0,24%, devido ao aumento das importações chinesas de matérias-primas.


No mercado de câmbio, o real abriu com queda de 0,87% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,746.


As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje, após 15 minutos de negociações, eram as preferenciais da aérea Gol (-3,67%) e da TAM (-2,77%), e as ordinárias da Sabesp (-2,42%).


O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 376,8 milhões, em 27.988 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 30/12/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em baixa e, nos primeiros negócios do último pregão do ano, perdia 0,60%, para 67.888 pontos.

Depois dos ganhos de 0,58% da terça-feira, que marcou a quarta alta consecutiva, o Ibovespa perdia hoje 408 pontos.

Nas primeiras 9,335 mil operações do dia, com 1,01 bilhão de títulos na compra e venda, o pregão registrava volume financeiro de R$ 143,9 milhões.

Entre 17 ações que operavam com números positivos, os papéis preferenciais da Copel lideravam as altas, com ganhos de 0,43%, enquanto, das 44 que estavam em números vermelhos, os similares da Klabin perdiam 3,23%. Uma ação estável completava o mercado do Ibovespa.

Os papéis preferenciais da Vale eram os mais negociados, com participação de 13,39% e queda de 0,99%.

No mercado de câmbio, o real subia 0,05% frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,739 para compra e R$ 1,741 para venda na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 15/12/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), que pode registrar hoje um ajuste para baixo, depois de três dias consecutivos de alta, abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 0,64%, para 68.908 pontos.

Após cinco minutos de negociações, o Ibovespa operava 441 pontos abaixo dos 69.349 do fechamento da segunda-feira, quando subira 0,12%.

No mercado de câmbio, o real abriu com queda de 0,63% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,755.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as preferenciais da Brasil Telecom (-2,27%), e as que mais subiam eram as preferenciais da Telemar Nordeste (2,12%) e da Eletrobrás (1,89%).

O volume financeiro contratado até os primeiros 15 minutos de negócios era de R$ 252,2 milhões, em 18.527 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 04/12/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje com queda de 0,35% e baixava para 68.075 pontos após dez minutos de operações.

O indicador perdia 239 pontos a respeito do fechamento da quinta-feira, quando caíra 0,44%.

Nas primeiras 4.178 operações, o volume financeiro era de R$ 80,7 milhões.

Com 14 ações em alta e 42 em baixa, os maiores ganhos eram registrados pelos títulos ordinários da LLX (0,90%).

A queda mais forte era dos papéis preferenciais das Lojas Americanas (-2,64%), enquanto os similares da Petrobras, os mais negociados no início do pregão, caíam 0,20%.

No mercado de câmbio, o real abriu com alta de 0,11% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,707 na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 19/11/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda e, nos primeiros negócios do pregão, caía 0,69%, para 66.055 pontos.

O Ibovespa, que caiu 1,32% na quarta-feira, perdia 460 pontos em relação a pregão anterior.

Nas primeiras 23.066 transações do dia, com 877,1 milhões de títulos na compra e venda, a bolsa registrava volume financeiro parcial de R$ 349,2 milhões.

Com seis ações em alta, 55 em queda e uma estável, lideravam as altas os papéis ordinários da Brasil Telecom (2,41%), enquanto as que mais caíam eram as similares da Fibria (-6,04%).

Os papéis mais negociados eram as preferenciais da Petrobras, com alta de 0,86% e participação de 19,09%.

No mercado de câmbio, o real mantinha sua tendência e caía 0,58% frente ao dólar, que era era comprado a R$ 1,725 e vendido a R$ 1,727 na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 05/11/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje com queda de 0,04%, e ficava a 63.888 pontos nas primeiras movimentações.


Após os primeiros minutos de operações, o Ibovespa perdia 24 pontos a respeito do fechamento da quarta-feira, quando subira 2,03%.


Nos primeiros 7.269 negócios, o volume negociado era de cerca de R$ 158,5 milhões.


As ações que mais subiam eram as preferenciais da Gerdau (1,70%), enquanto as que lideravas as perdas eram as ordinárias da MMX (-0,75%).


No mercado de câmbio, o real subia 0,23% frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,722 para compra e R$ 1,724 para venda na taxa de câmbio comercial.



 






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 28/10/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu o pregão hoje com uma leve baixa de 0,05% e ficava a 63.131 pontos.

Após os primeiros minutos de atividade da bolsa, o Ibovespa perdia 30 pontos em comparação ao fechamento da terça-feira, quando caíra 2,69%.

O pregão registrava no início de operações uma movimentação parcial de 29,727 mil operações com 5,49 bilhões de títulos na compra e venda, e um volume de negócios de R$ 528 milhões.

Os papéis que mais subiam eram os da Brasil Telecom (1,64%), enquanto os que lideravam as perdas eram os da Rossi (-2,74%).

Com 17,87% do volume negociado na praça, as ações mais negociadas eram as preferenciais da Vale.

Entre os títulos que formam o Ibovespa, 36 abriram em alta, 26 em queda e um manteve-se estável.

No mercado de câmbio, o real subia 0,28% frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,732 para compra e R$ 1,734 para venda na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 16/10/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), em um típico movimento de ajuste após cinco pregões consecutivos em alta, abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 1,59%, para 65.644 pontos.

Após cinco minutos de operações, o Ibovespa operava 1.059 pontos abaixo dos 66.703 do fechamento da quinta-feira, quando subira 0,76% apesar da volatilidade nos mercados internacionais.

No mercado de câmbio, real abriu em queda de 1,16% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,720.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as ordinárias da Duratex (-3,90%) e da Sabesp (-2,90%), e as preferenciais da Telemar Leste (-2,85%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 468,9 milhões, em 32.126 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 01/10/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), em um pregão de ajuste após a forte alta de algumas ações na quarta-feira, abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 0,43%, para 61.253 pontos.

O Ibovespa operava após cinco minutos de negociações 264 pontos abaixo dos 61.517 do fechamento da quarta-feira, quando subira 0,46%, impulsionado, principalmente, pela valorização que os preços do petróleo provocaram nas ações da Petrobras.

No mercado de câmbio, o real abriu estável e com o dólar a R$ 1,772, o mesmo valor da quarta-feira.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as ordinárias da Rossi Residencial (-2,42%), e as preferenciais da Brasil Telecom (-2,22%) e da Brasil Telecom Participações (-2,06%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 174,1 milhões, em 13,304 mil negócios.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 10/09/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), após haver alcançado na quarta-feira sua máxima pontuação este ano e em um claro ajuste de posições, abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 0,26%, para 57.760 pontos.

O Ibovespa operava 149 pontos abaixo dos 57.909 do fechamento da quarta-feira, quando subiu 0,10% e alcançou seu máximo nível este ano, impulsionado pela valorização das matérias-primas nos mercados internacionais.

No mercado de câmbio, o real abriu com alta de 0,33% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,830.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as preferenciais do Bradespar (-2,75%), da Braskem (-2,71%) e da Brasil Telecom (-2,03%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 153,6 milhões, em 11.418 negócios.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 31/08/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), atingido pelas perdas nos mercados da Ásia, abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 1,26%, para 56.975 pontos.

O Ibovespa operava após cinco minutos de negociações 725 pontos abaixo dos 57.700 do fechamento da sexta-feira, quando caíra 0,01%, graças à valorização de última hora das ações da Vale.

No mercado de câmbio, o real abriu com alta de 1,05% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,902.

As ações que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as ordinárias da Sabesp (-2,71%), da Cosan (-2,10%) e da Embraer (-2,05%).

O volume financeiro contratado até os dez minutos de negócios era de R$ 164,1 milhões, em 12.535 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 11/08/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu o pregão de hoje com uma queda de 0,90%, para 56.318 pontos.

O pregão paulista perdia 512 pontos a respeito do fechamento da segunda-feira, dia em que subira 0,89%.

Nos primeiros negócios do pregão, tinham sido negociados mais de 3 milhões de títulos por um volume de R$ 318 milhões.

Os papéis que mais subiam eram os da Embraer (3,52%), enquanto os que mais caíam eram os da Gol (-2,79%).

Na taxa de câmbio comercial, o real caía 0,32% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,854 para compra e R$ 1,856 para venda.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 10/08/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje o primeiro pregão da semana com uma queda de 0,20%, para 56.217 pontos.

Após as primeiras negociações do dia, o Ibovespa perdia 112 pontos em relação ao fechamento da sexta-feira, quando subira 1,03%.

O movimento financeiro parcial do pregão era de R$ 313 milhões, com 27.307 negócios registrados.

Os papéis que mais subiam hoje eram os da Cosan (4,80%), enquanto os que mais caíam eram os da Klabin (-2,44%).

Entre as ações que formam o índice, 25 subiam, 22 caíam e três mantinham-se estáveis.

As mais negociadas eram as preferenciais da Petrobras, com mais de 11% do volume negociado e queda de 0,25%.

No mercado de câmbio, o real abria em queda de 0,27% frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,825 para compra e R$ 1,827 para venda na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 22/07/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda e, treatment nos primeiros minutos de operações, viagra 40mg caía 0,74%, para 52.841 pontos.

O indicador perdia 392 pontos em relação ao fechamento da terça-feira, quando subira 0,15%.

Entre as 13 ações que abriram em alta, destacavam-se os ganhos de 1,26% das preferenciais da Gol, enquanto, entre as 48 que começaram em queda, as perdas eram lideradas pelas similares da Duratex, com baixa de 1,88%.

Outras três ações que abriram estáveis completavam a lista de papéis do Ibovespa.

Os papéis ordinários da Brasil Foods eram os mais negociados, com uma participação de 13,53% e uma baixa de 1,45%.

No mercado cambial, o real se mantinha estável frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,906 para compra e R$ 1,908 para a venda na taxa de câmbio comercial, os mesmos valores do fechamento da terça-feira.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 16/07/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo abriu hoje com queda de 0, tadalafil 28%, e ficou em 51.153 pontos, após a forte alta da quarta-feira, quando subira 4,96%.


O Ibovespa perdia 143 pontos a respeito do fechamento da quarta-feira, dia em que subiu com força, contagiado pela euforia dos mercados externos com os novos dados da economia dos Estados Unidos.


Os papéis que mais subiam hoje eram os preferenciais da Gol, com alta de 1,85%.


As ações que mais caíam eram as ordinárias da Cyrela, que, após os primeiros movimentos, perdiam 2,36%.


As mais negociadas eram as preferenciais da Vale, que caíam 0,29% e representavam 23,45% dos movimentos no pregão.


Na taxa de câmbio comercial, o real subia 0,15% frente ao dólar, que era negociado a R$ 1,930 para compra e R$ 1,932 para venda.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 07/07/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje com queda de 0, here 53%, a 50.353 pontos.

Nos primeiros movimentos do pregão, o Ibovespa perdia 269 pontos a respeito do fechamento da segunda-feira, quando caíra 0,61%.

As ações que mais subiam hoje eram as preferenciais da Sadia (1,12%) e as que sofriam a maior queda eram as de mesmo tipo da Oi Telemar, com queda de 2,46%.

Os papéis preferenciais da Vale eram os mais negociados no início do pregão e caíam 1,53%.

Na taxa de câmbio comercial, o real abriu em alta de 0,3% a respeito do dólar, que era negociado a R$ 1,944 para compra e R$ 1,946 para venda.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 02/07/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje com uma queda de 1, viagra 56%, click e ficava a 50.737 pontos.

O Ibovespa perdia 801 pontos nos primeiros movimentos do pregão a respeito do fechamento da quarta-feira, medicine quando subira 0,15%.

As ações que mais subiam eram as ordinárias da TIM (0,60%), enquanto as quedas eram lideradas pelas preferenciais da Brasil Telecom (-3,13%).

Dos 64 papéis que compõem o índice, só dois abriram em alta, e as outras operavam em queda.

As ações mais negociadas no início do pregão, assim como nos dois últimos dias de operações, eram as ordinárias da Visa.

No mercado cambial, o real caía 0,25% a respeito do dólar, que era negociado a R$ 1,933 para compra e R$ 1,934 para venda.






Você pode gostar



Brasil

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 26/05/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda e, sickness nas primeiras operações, caía 1,46%, para 50.073 pontos.

Após um avanço de 0,49% no pregão da segunda-feira, que não teve a referência de Wall Street, devido ao feriado nos Estados Unidos, o Ibovespa caía 743 pontos hoje.

As 65 ações que formam o Ibovespa operavam em queda e as maiores perdas correspondiam às preferenciais das Lojas Americanas, com uma queda de 3,37%.

Com uma participação de 17,82% e uma queda de 1,31%, os papéis preferenciais da Vale eram os mais negociados na abertura do pregão.

No mercado cambial, o real caía 0,69% frente ao dólar, que era negociado na taxa de câmbio comercial a R$ 2,038 para compra e R$ 2,040 para venda.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 21/05/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda e, cialis 40mg nas primeiras negociações, store acentuava as perdas e caía 1, pills 70%, para 50.376 pontos.

O Ibovespa caía 869 pontos a respeito do fechamento da quarta-feira, quando caíra 0,20%.

Os papéis preferenciais do Bradespar eram os com maior perda, pois caíam 3,58%, seguidos pelos similares da Brasil Telecom (-3,38%).

Entre as 65 ações do Ibovespa, 63 caíam e duas mantinham-se estáveis.

Pelo terceiro dia consecutivo, as ações preferenciais da Vale eram as mais negociadas, com uma participação do 27,66% e queda de 2,10%.

No mercado cambial, o real caía 0,74% frente ao dólar, que era negociado a R$ 2,041 para compra e R$ 2,042 para venda na taxa de câmbio comercial.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 28/04/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda, pills ainda com o impacto dos temores pela propagação da gripe suína, page e nos primeiros minutos de negociações caía 1,57%, para 45.099 pontos.

O Ibovespa perdia 720 pontos em relação ao fechamento da segunda-feira, quando fechou o primeiro pregão da semana com queda de 2,04%, impulsionada pelo temor generalizado no mundo de uma pandemia de gripe suína de maiores proporções.

As ações que mais subiam nas primeiras operações eram as preferenciais da Aracruz (5,68%), enquanto as que mais caíam eram as ordinárias da BMF&Bovespa (4,76%).

Entre as 65 ações do Ibovespa, 14 abriram em alta, 50 em baixa e uma permanecia estável.

Os papéis preferenciais da Petrobras eram os mais negociados, com uma participação de 12,33% no volume financeiro e uma queda de 1,28%.

Na taxa de câmbio comercial, o real subia 0,27% frente ao dólar, que era negociado a R$ 2,212 para compra e R$ 2,214 para venda.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 20/04/2009 12h00


O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), page devido à baixa das cotações das matérias-primas nos mercados internacionais, price abriu hoje em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 1,88%, para 44.916 pontos.

O Ibovespa operava após cinco minutos de leilões 862 pontos abaixo dos 45.778 do fechamento da sexta-feira, dia em que caiu 0,54%, apesar do bom humor nos outros mercados internacionais.

No mercado de câmbio, o real abriu em queda de 1,48% frente ao dólar, que era vendido a R$ 2,227.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as preferenciais da Aracruz (-2,50%) e da Gerdau (-2,48%), e as ordinárias da Vale (-2,27%).

Os dois únicos papéis do mesmo índice que a essa hora operavam em alta eram os preferenciais da Copel (2,74%) e da Comgás (0,03%).

O volume financeiro contratado nos primeiros 15 minutos de negociações era de R$ 187,6 milhões (US$ 84,2 milhões) em 11.956 negócios.


 






Você pode gostar



Mundo

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 24/03/2009 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), viagra após ter registrado na segunda-feira sua segunda maior alta este ano (5, advice 89%), more about abriu hoje em queda e, depois de cinco minutos, caía 1,24%, para 41.912 pontos.

O Ibovespa operava após cinco minutos 526 pontos abaixo dos 42.438 do fechamento da segunda-feira, quando subira 5,89%, impulsionado pelo otimismo com que os mercados receberam o novo pacote econômico americano.

No mercado de câmbio, o real abriu com queda de 1,10% frente ao dólar, que era vendido a R$ 2,271.

As ações do índice Ibovespa que mais caíam hoje após 15 minutos de negociações eram as ordinárias da Vale (-2,04%), e as preferenciais da Klabin (-2,01%) e da Braskem (-1,16%).

Entre os papéis do mesmo índice que a essa hora operavam em alta, destacavam-se os preferenciais da Eletropaulo (0,72%), da TAM (0,35%) e da Ultrapar (0,17%).

O volume financeiro contratado até os 15 minutos de negócios era de R$ 133,1 milhões, em 9.452 transações.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 26/06/2008 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), viagra order após haver reagido nesta quarta-feira com uma sólida alta à decisão do Federal Reserve (Fed, cheap banco central americano) de manter a taxa de juros, abriu hoje com forte queda e, após cinco minutos de negociações, caía 0,85%, para 65.294 pontos.

O Ibovespa operava após cinco minutos 559 pontos abaixo dos 65.853 do fechamento da quarta-feira, quando subira 2,63%.

No mercado de câmbio, o real abriu estável frente ao dólar, que era vendido ao mesmo R$ 1,591 do fechamento da quarta-feira, quando a moeda brasileira subira 0,69% e chegou ao maior nível em relação à moeda americana desde 20 de janeiro de 1999.

As ações do Ibovespa que mais caíam hoje após quinze minutos de negociações eram as ordinárias da Petrobras (-2,52%), e as preferenciais da Brasil Telecom (-2,05%) e da Klabin (-1,68%).

Os únicos papéis do mesmo índice que a essa hora operavam em alta eram os ordinários da TIM Participações, que subiam 0,64%.

O volume financeiro contratado até os quinze minutos de negócios era de R$ 190,5 milhões, em 9.372 transações.


 






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 30/10/2007 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), purchase em um pregão de ajuste após dois recordes consecutivos, site abriu em queda e, após cinco minutos de negociações, caía 0,40%, para 64.779 pontos, enquanto o real caiu 0,10% na abertura.

O Ibovespa operava após cinco minutos de operações 265 pontos abaixo dos 65.044 do fechamento da segunda-feira, quando subira 1,20% e marcara o 41º recorde do ano.

No mercado cambial, o real – que ontem chegou a seu maior nível nos últimos sete anos – abriu em queda de 0,10% frente ao dólar, que era vendido a R$ 1,761 diante do R$ 1,759 da segunda-feira, quando a moeda brasileira subira 0,90% em relação à americana.

As ações do Ibovespa que mais caíam hoje após quinze minutos de negociações eram as unitárias da América Latina Logística (-1,87%), as ordinárias da Light (-1,54%) e as preferenciais da Cesp (-1,19%).

Entre os papéis do mesmo índice que subiam estavam os ordinários da CCR Rodovias (1,13%), os preferenciais da Klabin (1,07%) e os ordinários da Telemar (0,99%).

O volume contratado após vinte minutos de operações era de R$ 215,2 milhões, com 9.689 negócios registrados.






Você pode gostar



Economia

Ibovespa abre em queda

Por Arquivo Geral 03/10/2007 12h00

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje em queda pelo segundo dia consecutivo e caía cerca de 1% depois das primeiras operações, try para ficar em torno dos 61.397 pontos.

Hoje, illness após a primeira meia hora de operações, 18 títulos subiam, 41 caíam e quatro mantinham-se estáveis.

No mercado cambial, o dólar comercial permanecia estável e era negociado a R$ 1,825 para venda.






Você pode gostar