Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Vídeo: vereadora presa por envolvimento em chacina toma posse dentro de presídio

Edivanda de Azevedo, 45 anos, foi presa no fim do ano passado suspeita de ter dado apoio logístico a homens que mataram sete pessoas a tiros em Ibaretama-CE

Por Willian Matos 23/07/2021 10h11
Foto: Reprodução

A vereadora em Ibaretama, no Ceará, Edivanda de Azevedo, 45 anos, tomou posse na última quarta-feira (21). Edivanda está presa suspeita de envolvimento em uma chacina com sete mortos em novembro de 2020, ocorrida no município pelo qual foi eleita.

Edivanda está encarcerada no presídio feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz-CE. A Justiça autorizou que ela tomasse posse mesmo estando presa. Sendo assim, a cerimônia ocorreu de forma virtual.

Veja o momento em que a mulher, de dentro do presídio, é empossada:

A decisão judicial que autorizou a posse da vereadora, foi proferida nos autos do Mandado de Segurança de número 0050758-41.2021.8.06.0151 pela Magistrada Titular da 1a Vara Cível da Comarca de Quixadá-CE, Dra. Giselli Lima de Souza Tavares, cabendo ressaltar que a citada Magistrada assim o decidiu com base nos dispositivos legais e de acordo ainda com as suas convicções jurídicas.

No momento da sessão, Edivanda prometeu provar inocência. “Eu sempre trabalhei no município de Ibaretama de forma notável. Não tenho vergonha do que aconteceu, porque sou inocente, vou provar minha inocência e saio daqui de cabeça erguida para cumprir o que eu prometi ao meu povo”, disse a vereadora.

A chacina

Na madrugada de 26 de novembro de 2020, homens armados e encapuzados invadiram uma casa e mataram sete pessoas — entre elas, uma criança de 7 anos. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por disputas entre facções criminosas da região. No dia 18 de dezembro, Edivanda e dois filhos dela foram presos suspeitos de envolvimento no crime.

Segundo as investigações, Edivanda e os filhos teriam dado apoio logístico e material para que os criminosos tivessem acesso à casa das vítimas. As investigações seguem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar