Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Sobe para quatro o número de mortos pelas chuvas no Grande Recife

Além de Pernambuco, os estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte também foram atingidos pelos temporais

Por FolhaPress 26/05/2022 5h53

José Matheus Santos
Recife, PE

Subiu para quatro o número de mortos pelas chuvas que atingem a região metropolitana do Recife desde terça-feira (24).

Nesta quinta (26), foram confirmadas as mortes de duas pessoas encontradas soterradas após deslizamento de uma barreira no córrego do Abacaxi, no bairro de Caixa D’Água, em Olinda.

A suspeita é de que as vítimas sejam Rosemary Oliveira da Silva, 44, e Sérgio Pimentel dos Santos, 54. Os corpos foram achados pelo Corpo de Bombeiros no início da tarde, mais de 24 horas depois da ocorrência, e ainda serão identificados oficialmente pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

As buscas foram dificultadas pelo risco de novas chuvas e pelo volume de lama -mais de 12 metros desceram pela barreira, arrastando a casa.

Outra morte confirmada nesta quinta foi a de um motociclista que tentou passar com uma moto por um alagamento na avenida Presidente Kennedy, uma das principais vias de Olinda. O homem caiu em um canal junto com a moto e estava desaparecido até agora.

O corpo de Aureogildo Antônio de Vasconcelos Júnior, de idade não informada, foi encontrado por populares que faziam buscas no Rio Beberibe, na zona norte do Recife, na tarde desta quinta. Em seguida, o Corpo de Bombeiros foi acionado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aureogildo era encarregado da Defesa Civil do Recife e atuava colocando lonas plásticas em barreiras. Ele também já foi jogador de futebol e atuou em times de Pernambuco e da Paraíba.

A primeira morte foi notificada ainda na quarta (25). José Cláudio da Silva, 62, morreu soterrado em um deslizamento no córrego do Abacate.

Além de Pernambuco, os estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte também foram atingidos pelos temporais.

No Grande Recife, os temporais causaram alagamentos, desabamento de casas e suspensão de aulas e serviços tidos como não essenciais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Até as 18h de quarta, ao menos 415 pessoas ficaram desabrigadas e 37 estão desalojadas em Pernambuco, segundo a Secretaria-Executiva de Defesa Civil.

Nesta quinta, a chuva cai em menor intensidade no Recife. O sol chegou a aparecer na cidade em uma parte da manhã e da tarde.








Você pode gostar