Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Programa Pecuária Sustentável atende mais de 40 fazendas no Pará

A ideia é promover uma maior efetividade na produção das fazendas, mas sem a necessidade de abrir novas áreas de pasto

Foto: Divulgação

Pecuária Sustentável é um programa que, desde 2017, oferece assessoria técnica a produtores rurais. A ideia é promover uma maior efetividade na produção das fazendas, mas sem a necessidade de abrir novas áreas de pasto. O programa é uma iniciativa da Ecam Projetos Sociais e visa amortecer a frente de desmatamento na Amazônia, além de valorizar as atividades das populações locais, em especial a pecuária.

A iniciativa começou com um projeto piloto implementado em Oriximiná-PA, onde foram reunidos 14 produtores rurais que tinham a pecuária como fonte de renda.

Em quatro anos de projeto, foi possível constatar, nas fazendas participantes, práticas sustentáveis e ganhos expressivos de produtividade. A iniciativa levou técnicas que proporcionaram melhores condições de trabalho, bem-estar animal e recuperação de áreas degradadas para diversos produtores.

“O principal objetivo do Pecuária Sustentável é levar as boas práticas da pecuária aos produtores envolvidos no programa. A adesão por eles garante ao meio ambiente a proteção e conservação de seus organismos, para assim preservá-los e mantê-los sempre saudáveis para o presente e o futuro das demais gerações”, afirma Emanuel Siqueira, engenheiro agrônomo e consultor de projetos na Ecam.

A partir dos resultados obtidos no projeto piloto, em 2019 a iniciativa estendeu suas ações para os municípios de Monte Alegre, Prainha e Juruti, no oeste paraense. A expansão possibilitou novas trocas de experiências entre técnicos e proprietários rurais.

Apesar dos obstáculos que surgiram com a pandemia da Covid-19, nada impediu que o estudo “Cadeia produtiva e econômica para implantação de frigorífico bovino e suíno no município de Oriximiná” fosse lançado. A pesquisa é um material fruto das ações do Programa Territórios Sustentáveis e da Semagri, que tem como objetivo de atender pecuaristas participantes do Projeto Pecuária Sustentável.

O estudo foi coordenado pela Ecam e traz informações sobre o gado de corte e suínos, de forma a evitar a venda a preços muito baixos, agregando valor ao produto final e incentivando o desenvolvimento econômico na região. Os dados também servem para a implantação de frigoríficos em Oriximiná, uma demanda antiga dos produtores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após mais de um ano de acompanhamento a distância, o Programa Pecuária Sustentável retomou suas atividades presenciais. Por meio de lançamentos de editais, o programa ampliou sua atuação, atendendo atualmente 41 propriedades rurais, localizadas em Oriximiná, Juruti, Monte Alegre e Prainha.

“Dentre as ações implementadas nas fazendas, está a introdução de tecnologias específicas, a fim de garantir uma maior produção de forragem, de qualidade, e, dessa forma, fazer com que os animais possam ter um desempenho melhor, ganhando massa corporal em um curto período de tempo e sem a necessidade de explorar novas áreas, ou seja, sem a necessidade de desmatar. Além de trazer benefícios aos trabalhadores do campo, que estão ali, na lida do dia a dia”, destaca Siqueira.

Nos municípios, a equipe técnica tem oferecido assistência voltada ao manejo e intensificação de pastagem, além de ações de gestão técnica, formação da mão de obra local e também apoio no ensino e aprendizagem por meio de atividades práticas de campo.

Saiba mais sobre o projeto em: http://ecam.org.br/projetos-sociais/

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar